Joe Biden pede empréstimo inusitado para a Nasa

Em nota, a agência espacial explica que o objeto emprestado tem 3,9 bilhões de anos — e ainda está inteiro. Veja a foto:

O que a Nasa poderia oferecer ao novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, após sua posse nesta semana? A resposta parece ser bem simples para a agência espacial: uma pedra de 3,9 bilhões de anos. Mas não qualquer pedra — a que Biden pediu e agora ocupa o Salão Oval veio diretamente da Lua.

Segundo a Nasa, o empréstimo foi "simbólico" e reconhece "gerações de ambições e conquistas", além de apoiar a exploração que os Estados Unidos estão fazendo da Lua e de Marte.

Em nota, a agência espacial explica que a amostra foi retirada da missão Apollo 17, quando os últimos humanos colocaram o pé no satélite terrestre. Pesando 332 gramas, a pedra foi coletada em 1972 e foi formada graças a um impacto gigantesco próximo à Lua. O pedido para colocá-la no salão foi feito pela administração do governo atual.

 (NASA/Reprodução)

A pedra está protegida em uma caixa de vidro e foi colocada em uma das estantes da nova sala de Biden. É melhor que ele tome cuidado para não derrubá-la.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.