África está se dividindo em duas, dizem cientistas

São Paulo - Pesquisadores britânicos afirmam que o continente africano poderá se dividir em dois por conta de mudanças geológicas que ocorrem na região de Afar, na Etiópia. O processo começou em 2005, após a erupção do vulcão Dabbahu, que abriu uma fenda no solo. A depressão, apesar de não ter água, está localizada abaixo do nível do mar, o que poderá levar ao surgimento de um novo oceano.

"O oceano está separado por apenas uma faixa de 20 metros de terra do território da Eritréia", afirmou o sismólogo James Hammond em entrevista à rede britânica BBC. "Então essa terra cederá eventualmente, o mar entrará e começará a criar esse novo oceano", disse o cientista.

Segundo os pesquisadores, o processo acabará dividindo a África, transformando parte da Etiópia e da Somália em uma grande ilha no Oceano Índico. Embora o processo possa levar milhões de anos para ser concluído, os cientistas dizem estar presenciando um fenômeno raríssimo. Um monitoramento em um período de apenas dez dias verificou a expansão da fenda em oito metros, segundo a BBC.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.