Exploração descobre restos arqueológicos na Colômbia

Exploração petrolífera revelou restos arqueológicos de índios malibus datados de 700 anos

	Exploração de petróleo: escavação indica que "o achado constituiu um local de habitação e cemitério malibu, descritas nas fontes e crônicas espanholas do século XVI", segundo arqueólogos
 (David McNew/Getty Images)
Exploração de petróleo: escavação indica que "o achado constituiu um local de habitação e cemitério malibu, descritas nas fontes e crônicas espanholas do século XVI", segundo arqueólogos (David McNew/Getty Images)
D
Da RedaçãoPublicado em 15/07/2013 às 08:59.

Bogotá - Uma exploração petrolífera no norte da Colômbia revelou restos arqueológicos dos índios malibus, datando de 700 anos, informou neste domingo a companhia petrolífera Pacific Rubiales.

A descoberta foi feita na área de exploração chamada de Bloque la Creciente, no município de San Pedro, departamento de Sucre, e consta de vários vestígios de "material cerâmico, ferramentas em pedra e restos ósseos dos antigos moradores do local", segundo um comunicado da companhia.

A Pacific Rubiales trabalha com o Instituto Colombiano de Antropologia e História na identificação dos restos indígenas, bem como no projeto de planos de divulgação pedagógica e conservação do material achado.

Segundo os arqueólogos contratados pela Pacific para cumprir com os requisitos exploratórios exigidos pela Agência Nacional de Hidrocarbonetos, as evidências da escavação indicam que "o achado constituiu um local de habitação e cemitério malibu, descritas nas fontes e crônicas espanholas do século XVI".

A família linguística dos malibus habitou nos tempos pré-colombianos os atuais departamentos (estados) de Sucre e Bolívar, perto das margens do rio Magdalena, que percorre o país de sul a norte e desemboca no mar do Caribe.