Elevador espacial pode se tornar realidade em breve

Patente para a construção de um elevador de 20 Km de altura foi concedida à canadense Thoth Technology

São Paulo - A possibilidade de ir ao espaço utilizando um elevador elétrico, ao invés de um foguete é um sonho antigo, anterior até mesmo aos próprios foguetes, tendo nascido em 1895. Se depender da empresa canadense Thoth Technology, isso pode ocorrer num futuro próximo – ao menos parcialmente.

O elevador teria uma altura próxima dos 20 Km, o suficiente para chegar até a estratosfera (e não à termosfera, que é onde começa o "espaço" propriamente dito).

Embora ainda não seja alto o suficiente para que um ser humano simplesmente saia flutuando pelo espaço, é um lugar de pressão baixa o suficiente para que a água dentro de um corpo humano ferva, já que a temperatura de ebulição diminui com a pressão.

A torre servirá muitas funções, entre elas, geração de energia elétrica (a partir de energia eólica), telecomunicações e turismo.

Apesar disso o intuito do projeto é criar, no topo da torre, uma plataforma de lançamento e pouso do que a CEO da empresa, Caroline Roberts, chamou de "aviões espaciais".

Segundo Caroline, viagens assim serão similares a tomar um jato comum. Foguetes lançados desta forma terão uma economia de 30% e não precisarão de módulos extras (como aqueles que são descartados em meio à decolagem).

Não há data marcada para a construção da torre e muitos desafios de engenharia, particularmente relacionados à resistência contra o vento, ainda devem ser resolvidos, mas cada passo é importante em um projeto deste tamanho.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.