Com 66% de vacinados, cidade de SP tem queda brusca de casos graves

Em Serrana, no interior de São Paulo, o número de pacientes intubados com Covid-19 foi zerado

A Vigilância Epidemiológica de Serrana (SP) relatou nesta quarta-feira (7) os primeiros sinais de queda na demanda por atendimentos e na incidência de casos graves entre moradores que contraíram o coronavírus.

Embora ainda não possa ser diretamente associado à imunização que já está quase no fim há uma completa ausência de pacientes intubados na unidade de Pronto Atendimento (UPA) desde o último final de semana.

Com uma campanha de vacinação inicada em 17 de janeiro, a imunização já atingiu 66% dos voluntários do estudo com as duas doses do imunizante, o que representa um total de 18,5 mil pessoas.

A parcela alvo restante receberá o reforço da aplicação até domingo (11), e os resultados da pesquisa devem ser divulgados em maio.

Com os dados preliminares sobre análise, o Butantan ainda não divulgou nenhuma pesquisa oficial sobre os números positivos. Isso porque, segundo o protocolo da Coronavac, a resposta imunológica é esperada somente duas semanas após a aplicação da segunda dose da vacina.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.