A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Cientista consegue recriar como teria sido o som do Big Bang

A partir de dados do satélite europeu Planck, físico conseguiu produzir o som que representa a grande explosão que deu origem ao universo há 14 bilhões de anos

São Paulo – Um cientista da Universidade de Washington conseguiu recriar como teria sido o som do Big Bang. Para produzir o áudio que representaria a grande explosão que deu origem ao universo há 14 bilhões de anos, o físico John Cramer utilizou dados oferecidos pelo satélite Planck, da agência espacial europeia.

A partir da chamada “radiação cósmica de fundo em micro-ondas”, uma espécie de radiação considerada pelos cientistas como um resquício do Big Bang, foi possível simular o efeito sonoro da explosão. E este efeito, explicam geofísicos, seria equivalente a terremotos de magnitude 9, o suficiente para fazer o planeta inteiro tremer.

Cramer começou a tentar recriar o som da origem do universo nos idos de 2003. Depois de reunir os dados desta radiação, que na ocasião da explosão estava sujeita a diferentes temperaturas, o físico então os inseriu em um programa que converteu estas ondas em áudio.

De acordo com o físico, na medida em que o universo resfriava e expandia, eram esticadas também as ondas da radiação, criando um som similar ao contrabaixo. E, segundo Cramer, o som acabou sendo tão “baixo” que foi necessário aumentar a frequência em 100 septilhões de vezes para que fosse audível por humanos. O resultado é uma gravação que representa o som da explosão entre 360 mil e 760 mil anos depois do início do Big Bang. Confira.

[soundcloud url="http://api.soundcloud.com/tracks/86368264" params="" width="100%" height="166" iframe="true" /]

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também