Ciência brasileira recebe prêmio milionário em Portugal

Unicamp, Ipepo e a Fundação Altino Ventura vão dividir premiação de 1 milhão de euros por seus trabalhos em medicina oftalmológica

São Paulo – A Fundação Champalimaud, em Portugal, premiou em 1 milhão de euros três instituições científicas brasileiras por seus trabalhos no desenvolvimento de tratamentos médicos para problemas oftalmológicos e na prevenção da cegueira.

Chamado de Vision Award, a honraria foi concedida ao Ipepo – Instituto da Visão, à Unicamp e à Fundação Altino Ventura. De acordo com a fundação portuguesa, os esforços do trio são essenciais para o tratamento de pacientes em regiões periféricas de grandes centros urbanos e também em áreas rurais e na Amazônia.

O prêmio financeiro será dividido entre as instituições. O prêmio leva em conta os trabalhos que vão desde a disponibilização de serviços clínicos pioneiros para mais de 2 milhões de pessoas até à prevenção de doenças que podem levar à cegueira, como a catarata.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.