Ciência

Apenas uma a cada nove pessoas fuma nos EUA, indica estudo

Em 2020, 30,8 milhões de adultos americanos fumavam, segundo uma estimativa dos CDC

Vape: dispositivo é vetado pela Anvisa. (Jane Khomi/Getty Images)

Vape: dispositivo é vetado pela Anvisa. (Jane Khomi/Getty Images)

AFP
AFP

Agência de notícias

Publicado em 27 de abril de 2023 às 17h50.

Última atualização em 27 de abril de 2023 às 17h56.

Fumar é cada vez menos popular nos Estados Unidos: somente um a cada nove adultos americanos relatou ter fumado um cigarro em 2022, a taxa mais baixa desde o início dos registros, segundo dados publicados nesta quinta-feira, 27.

Uma pesquisa com mais de 27 mil americanos, realizada no ano passado pelos Centros para o Controle e a Prevenção de Doenças (CDC), determinou que o consumo de cigarros se manteve em queda e ficou em 11,3% em 2022, comparado a 12,6% em 2021. No entanto, o uso de cigarros eletrônicos cresceu de 4,7% a 5,9%.

Em 2020, 30,8 milhões de adultos americanos fumavam, segundo uma estimativa dos CDC, com uma taxa de 14,1% entre os homens e de 11% entre as mulheres.

Contexto

O hábito de fumar é cada vez menos comum nos Estados Unidos há várias décadas, em parte devido às políticas governamentais contra o tabagismo, que causa câncer e doenças cardiovasculares.

Apesar da redução, fumar cigarros continua sendo a causa número 1 de doenças e mortes evitáveis nos Estados Unidos, segundo os CDC.

Acompanhe tudo sobre:CigarrosCigarros eletrônicos

Mais de Ciência

Crise climática pode impactar vida sexual dos insetos, diz estudo

Quais as suplementos devemos evitar nos treinos?

Flora intestinal distinta pode servir para o diagnóstico do Autismo, aponta estudo

Estudo sugere que expectativa de vida humana pode ter alcançado limite

Mais na Exame