Ciência

Anticoncepcional masculino deve ficar pronto em 2023; saiba como funciona

Primeiro do seu tipo, o Risug (Inibição Reversível do Esperma Sob Controle) é reversível e em forma de vacina

Por Laura Pancini
Publicado em 20/09/2022 11:47
Última atualização em 20/09/2022 12:00

Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Cientistas do Instituto Indiano de Tecnologia por trás do primeiro anticoncepcional masculino prometem que o produto deve ficar pronto em 12 meses.

O Risug (Inibição Reversível do Esperma Sob Controle) é em forma de vacina e tem efeitos que duram até 10 anos. Já nos testes finais, o anticoncepcional é reversível -- só é necessária uma injeção de água e bicarbonato de sódio -- e não é baseado em hormônios.

Um teste, feito em 300 voluntários na Índia, apontou uma eficácia de 97%. Agora, o Risug aguarda aprovação das autoridades sanitárias do país.

LEIA TAMBÉM: Pílula anticoncepcional masculina atinge 99% de eficácia em camundongos

Como funciona o anticoncepcional masculino?

O anticoncepcional Risug usa um gel feito de polímero que reveste o ducto espermático, dois canais que transportam os espermatozoides. Ele é aplicado em forma de vacina .

Normalmente, os espermatozoides passam pelos ductos para se juntar aos líquidos seminais e formar o sêmen. O que o Risug faz é impedir que essa viagem aconteça, o que consequentemente impede a fertilização do óvulo.

O paciente terá de aplicar duas doses de Risug, uma em cada ducto, mas o procedimento leva poucos minutos e conta com uma anestesia local na área do escroto.

Para reverter o processo, os cientistas afirmam que só é necessário uma injeção de água e bicarbonato de sódio. Os efeitos contraceptivos aparecem em até 6 meses.

Já os efeitos colaterais incluem inchaço escrotal e dor na região da virilha, que desapareceram dentro de um mês.

LEIA TAMBÉM:


Veja Também