Ainda estamos no começo da epidemia no Brasil, diz Drauzio Varella

O médico oncologista acredita que o país ainda passará por uma fase ruim da covid-19, e só então começará a melhorar

Em entrevista ao divulgador científico Atila Iamarino, no YouTube, o médico oncologista Drauzio Varella deu declarações não muito otimistas em relação à pandemia do coronavírus no Brasil. Para ele, o país ainda está enfrentando o começo da epidemia do vírus causador da covid-19.

“Ainda vai morrer muita gente porque não vamos ter estrutura para atender a essas pessoas. Esse é o começo da epidemia no país. O primeiro caso foi praticamente em abril. Faz pouco tempo ainda e o vírus vai atingir cidades mais vulneráveis. Cidades pequenas no interior, que não têm recursos e terão dificuldade até de levar os doentes para cidades maiores. Não vejo com otimismo a epidemia de coronavírus no Brasil. Vai passar, mas vai deixar um rastro de tragédia”, disse Varella. Ele elogiou a existência do SUS (Sistema Único de Saúde), dizendo que sem o SUS, estaríamos em uma "barbárie"

O médico reforçou a importância quarentena para poupar vidas de pessoas que podem ser infectadas, manifestar sintomas graves da covid-19 e não poderem ser atendidas devido a problemas de superlotação de hospitais.

Na conversa com Iamarino, Varella citou o caso da Suécia, que não tomou medidas rápidas para conter o novo coronavírus e agora tem o maior número de mortes entre os países escandinavos. “Quem derruba a economia não é o isolamento, é o vírus”, diz.

Varella criticou também a desigualdade de renda no Brasil, que, para ele, afeta a economia brasileira como um todo, inclusive na área de saúde pública. “Não dá para viver bem com a desigualdade social do Brasil. Se você tem dinheiro, precisa ter grades em casa. Se sua filha se atrasa meia hora à noite, você fica desesperado. A qualidade de vida fica muito ruim. E quem não tem dinheiro leva uma vida muito dura nas periferias. Temos que dividir, pelo menos, um pouco essa renda para evitar que as pessoas vivam nessas condições”, afirmou.

Veja o vídeo na íntegra abaixo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também