Banco central do Japão dá início a testes para lançar iene digital

Depois de paralisar projeto de lançamento de sua CBDC em 2020, o Bank of Japan anuncia o início de testes com moeda digital
 (Kazuhiro Nogi/AFP via/Getty Images)
(Kazuhiro Nogi/AFP via/Getty Images)
G
Gabriel Rubinsteinn

Publicado em 05/04/2021 às 14:42.

Última atualização em 05/04/2021 às 21:31.

O Bank of Japan, banco central japonês, anunciou o início dos experimentos de uma prova de conceito para sua moeda digital. A primeira fase de testes para o desenvolvimento do iene digital, com uso da tecnologia blockchain, já está em andamento e deve ser finalizada em março de 2022.

A CBDC japonesa será testada em duas fases, segundo divulgou a Reuters. A primeira, já em andamento, terá como objetivo avaliar a viabilidade técnica para emissão, distribuição e resgate do ativo digital. A instituição também informou que unirá esforços com outros bancos centrais nesse processo.

No ano que vem, o Bank of Japan dará início à segunda fase de experimentos, que consiste na análise de capacidades mais específicas, como a opção de limitar a quantidade da CBDC que cada entidade poderá controlar.

Diretor executivo do banco central do Japão, Shinichi Uchida disse que, se necessário, a instituição irá promover um programa piloto envolvendo empresas de pagamento e consumidores, como fez a China ao longo de 2020 e neste início de 2021.

O Bank of Japan anunciou, no final de 2020, que deixar o projeto de desenvolvimento de uma CBDC paralisado devido à falta de demanda. Agora, segundo Uchida, a posição permanece a mesma, mas os testes pretendem deixar a instituição mais próxima do lançamento de sua moeda digital caso isso seja necessário no futuro: "Apesar de não haver mudança de posicionamento do Bank of Japan, que por enquanto não pretende emitir uma CBDC, acreditamos que iniciar experimentos é um passo necessário".

A redução no uso de papel moeda é objetivo de diversos bancos centrais pelo mundo. Segundo relatório recente do BIS, o "banco central dos bancos centrais", cerca de 80% das instituições têm planos de lançar sua moeda digital. Até o momento, o país mais avançado em relação à emissão de uma CBDC é a China, que já promoveu diversos testes práticos com sua moeda digital nos últimos meses.