Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

O grupo Kering anunciou hoje, quinta-feira 27, a compra de 30% de participação da Valentino, por 1,7 bilhão de euros. O acordo inclui uma opção para a Kering adquirir 100% do capital social da Valentino até 2028. A transação faz parte de uma parceria estratégica mais ampla entre a Kering e o fundo do Catar Mayhoola.

O negócio poderia levar a Mayhoola a se tornar acionista da Kering. Fundada em Roma em 1960 por Valentino Garavani, a Valentino é uma das empresas mais reconhecidas internacionalmente.

Atualmente, a LVMH, maior concorrente da Kering, apresenta forte crescimento. No primeiro trimestre do ano, o conglomerado liderado por Bernard Arnault registrou receita de 21 bilhões de euros - alta de 17% em relação ao ano anterior. Os dados foram impulsionados por vendas fortes na Europa e no Japão, além de ter mantido o ciclo de expansão nos Estados Unidos.

A parceria estratégica entre Kering e Mayhoola apoiará ainda mais a estratégia de elevação da marca implementada pelo CEO da Valentino, Jacopo Venturini, que a transformou em uma das mais admiradas casas de luxo do mundo.

“Valentino é um das maiores autoridades italianas de luxo e estamos muito felizes em receber a Kering como parceira estratégica para o futuro desenvolvimento da Maison de Couture. Sob nossa administração, Valentino fortaleceu seus alicerces como uma marca de luxo altamente desejável e seguiremos reforçando a marca no próximo capítulo com Kering", disse Rachid Mohamed Rachid, CEO da Mayhoola e presidente da Valentino.

Com mais de seis décadas de história, a Valentino desenvolveu uma atraente oferta de prêt-à-porter, artigos de couro e acessórios. Hoje, a marca italiana tem 211 lojas operadas diretamente em mais de 25 países e registrou receita de 1,4 bilhão de euros e Ebitda recorrente de 350 milhões de euros em 2022.

A Kering se tornará um acionista significativo com representação no Conselho e a Mayhoola continuará a ser o acionista majoritário com 70% do capital social. Espera-se que a transação seja concluída até o final de 2023.

“Estou impressionado com a evolução da Valentino sob propriedade da Mayhoola e muito feliz que a Mayhoola tenha escolhido a Kering como sua parceiro para o desenvolvimento da Valentino, uma casa italiana única que é sinônimo de beleza e elegância. Estou muito satisfeito com este primeiro passo em nossa colaboração com Mayhoola para desenvolver Valentino e seguir a fortíssima jornada estratégica de elevação da marca que Jacopo Venturini continuará a liderar", diz François-Henri Pinault, presidente e CEO da Kering.

Gucci no centro da Kering

Após a ruidosa saída de Alessandro Michele da Gucci, a marca italiana anunciou no início do ano que o substituto seria Sabato de Sarno, uma figura desconhecida para o público que acompanha o universo da moda.

Sarno era assistente de Pierpaolo Piccioli na Valentino. Ele liderava a divisão do chamado ready to wear masculino e feminino. Apesar de sempre presente nos eventos da marca, é bastante discreto. Basta dizer que sequer tem conta aberta do Instagram.

Nos quatro anos em que ficou no cargo Michele, conseguiu criar apelo para as novas gerações ao aproximar a vestimenta da música e do universo das ruas. Em 2015, ano em que entrou, a marca faturou 3,9 bilhões de euros.

Em 2022 esse número deverá ficar em 10 bilhões de euros, equivalente a dois terços do total do grupo Kering. Michele quebrou paradigmas com uma moda maximalista, uma estética brecholenta cheia de estampas, o oposto do que se considerava seguro até então para uma marca de luxo.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
50 Best: A Casa do Porco é 4º melhor restaurante da América Latina. Peruano fica em 1º; veja lista

Casual

50 Best: A Casa do Porco é 4º melhor restaurante da América Latina. Peruano fica em 1º; veja lista

Há 11 horas

Vinhos de um dos mais ousados enólogos de Portugal chegam ao Brasil

Casual

Vinhos de um dos mais ousados enólogos de Portugal chegam ao Brasil

Há 13 horas

Da cesta aos vinhos: o executivo do mercado de bebidas que jogou na seleção brasileira de basquete

Casual

Da cesta aos vinhos: o executivo do mercado de bebidas que jogou na seleção brasileira de basquete

Há 20 horas

Qual o carro mais confiável do Brasil, segundo ranking EXAME Casual

Casual

Qual o carro mais confiável do Brasil, segundo ranking EXAME Casual

Há 22 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

O que as lideranças devem ter no radar para 2024, segundo o CEO da Falconi

O que as lideranças devem ter no radar para 2024, segundo o CEO da Falconi

Feirão oferece taxas a partir de 1,18% na compra de veículos
Minhas Finanças

Feirão oferece taxas a partir de 1,18% na compra de veículos

Entenda o que é golpe do boleto e como se proteger
Minhas Finanças

Entenda o que é golpe do boleto e como se proteger

ApexBrasil reúne investidores e governos em fórum no Itamaraty

ApexBrasil reúne investidores e governos em fórum no Itamaraty

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais