Vai ter bloco de rua no feriado? Saiba o que pode e não pode

Em São Paulo, além de festas privadas, está previsto o cortejo de até 50 blocos nas ruas entre os dias 21 e 24 de abril
 (Fernando Maia/Riotur/Divulgação)
(Fernando Maia/Riotur/Divulgação)
Por Julia StorchPublicado em 19/04/2022 12:36 | Última atualização em 19/04/2022 12:58Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Após um ano sem comemorações do Carnaval, em 2022 os desfiles das escolas de samba ocorrem após a Páscoa. Com o adiamento das apresentações em fevereiro, agora a festa ocorre nos sambódromos e em eventos privados durante o Feriado de Tiradentes.

No sábado, 16, duas organizações que representam mais de 160 blocos de rua de São Paulo, acataram a sugestão do prefeito Ricardo Nunes, e irão desfilar no segundo semestre, mas ainda sem data definida.

LEIA TAMBÉM:

Em diversos encontros realizados nos últimos meses, a prefeitura apresentou argumentos de que não haveria tempo suficiente para realizar as licitações para as festas, assim como a falta de planejamento na segurança do evento.

Porém, é previsto que entre 30 a 50 blocos planejam sair às ruas entre os dias 21 e 24 de abril. É o caso dos blocos Unidos do Swing e Te Pego no Cantinho, que anunciaram seus desfiles no domingo, 24, na Avenida Paulista e no bairro do Butantã, respectivamente.

Em nota, a prefeitura anunciou que "é impossível realizar o carnaval de rua sem esforço de organização, que garanta a segurança dos participantes e dos foliões". Para não serem barrados pela prefeitura, diversos blocos ainda não divulgaram nas redes sociais os locais, data e hora dos cortejos.

É o caso do tradicional bloco Espetacular Charanga do França, que ocupa as ruas do bairro de Santa Cecília. Na quinta-feira, 21, o grupo se apresentará em um evento fechado, mas indica nas redes sociais que também irá para as ruas durante o feriado prolongado.

Quais serão os blocos em São Paulo?

Blocos que costumam atrair milhares de foliões na cidade, decidiram fazer festas privadas. É o caso dos blocos Minhoqueens, Agrada Gregos e TaradoNiVocê.

O bloco Minhoqueens, desfilado anualmente no Minhocão, fará dois dias de evento em um clube em Moema. Entre as atrações estão Valeska Popozuda e Lia Clark. O mesmo acontece com o bloco Agrada Gregos, que terá três dias de festa com palcos de música eletrônica e funk. Já o bloco que homenageia Caetano Veloso, o TaradoNiVocê fará um evento no dia 30 de abril.

Como será o Carnaval no Rio de Janeiro

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, reiterou nesta semana que os blocos de rua não estão autorizados a desfilar durante o Carnaval fora de época entre os dias 20 e 24 deste mês, mas destacou que não vai colocar a Guarda Municipal para reprimir os foliões.

No entanto, na semana passada, mais de 140 blocos de rua assinaram um manifesto contra a decisão da prefeitura em barrar as festas de rua. Blocos tradicionais da cidade, como Cordão do Bola Preta, decidiu não desfilar neste ano, mas fará evento privado no sábado e no domingo.

Embora os blocos tradicionais, que normalmente arrastam dezenas de milhares de foliões, já tenham dito à prefeitura que não vão desfilar este ano, os blocos menores, organizados por amigos ou moradores dos bairros, possivelmente vão sair às ruas, a exemplo do que ocorreu no feriado de Carnaval, entre 26 de fevereiro e 1º de março.

*Com informações da Agência Brasil

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.