A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Tinto que é branco: Trivento lança seu white malbec no Brasil

Do grupo Concha y Toro, vinícola argentina reinventou o vinho mais conhecido da região de Mendoza

“Esperamos que vire uma moda, embora muitas modas acabem”, diz German di Cesare a respeito do último lançamento da vinícola na qual trabalha, a Trivento, sediada na região de Mendoza, na Argentina. Falamos do primeiro white malbec de que se tem notícia, lançado neste mês no Brasil. Sim, a uva-símbolo de Mendoza agora também dá origem a um vinho branco, vendido por aqui a R$ 59,99. “Fomos bem disruptivos”, congratula-se o enólogo.

Por meio do aplicativo Zoom, ele conversou com a Exame no dia 17 de abril, o Dia Mundial do Malbec, enquanto saboreava o novo rótulo, enviado para a reportagem na mesma data. “É um produto ideal para consumir no calor, à beira da praia ou da piscina, e para harmonizar com entradas leves”, recomendou. É uma aposta alta da vinícola, que pertence ao grupo chileno Concha y Toro. Da primeira safra do Trivento white malbec, a de 2019, a mesma que chega agora ao mercado brasileiro, foram produzidas 533 mil garrafas, o equivalente a 400 mil litros. E a safra de 2020 já está em produção.

Trivento White Malbec 2019 Trivento White Malbec 2019

Trivento White Malbec 2019 (Trivento/Divulgação)

A novidade é feita apenas com uvas malbec, plantadas no Vale de Uco e na zona de Luján de Cuyo. São colhidas manualmente nos primeiros dias de fevereiro, levemente prensadas e fermentadas a 10° C — sem maceração e sem casca — por duas semanas. Tudo para garantir uma coloração mínima, que remete aos rosés mais clarinhos. “A uva malbec sempre vai imprimir uma certa cor”, explica German. Seco, e por isso nada enjoativo, o Trivento white malbec tem estrutura média, taninos doces, acidez marcante e aromas de frutas como cereja, framboesa e maçã verde. Teor de álcool: 12%

Com o novo rótulo, a vinícola argentina passa a dispor de mais um produto para agradar os entusiastas dos rosés. Tachados até há pouco de bebida para quem não entende de vinho, esses últimos viraram sinônimo de balada mundo afora e caíram nas graças dos frequentadores dos mais comentados destinos de férias europeus. Foram apelidados de champanhe dos millennials e ainda de água dos Hamptons, em razão do apreço que os habitués dessa região no estado de Nova York têm por eles. O cantor Jon Bon Jovi e seu filho, Jesse Bongiovi, lançaram o deles, o Diving into Hampton Water. Se o white malbec da Trivento caí nas graças dessa turma…

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também