Stella Artois promove festival gastronômico dentro "bolhas" em SP

Entre 30 de setembro e 4 de outubro, quem estiver em São Paulo poderá reservar um domo para até seis pessoas por R$ 250 e saborear pratos de 4 restaurantes

O "novo normal" dos restaurantes europeus está desembarcando agora em São Paulo. Depois de fazer sucesso em Belo Horizonte e no Rio de Janeiro, a cervejaria Stella Artois está trazendo para o bairro do Morumbi a chamada Vila Stella, espaço que receberá um evento gastronômico adaptado aos tempos de pandemia: cada grupo na sua bolha.

Entre 30 de setembro e 4 de outubro, um terreno de 1.200 metros quadrados a céu aberto na Fundação Maria Luisa e Oscar Americano, no bairro do Morumbi, receberá oito domos, cada um com capacidade para até 6 pessoas. A locação das bolhas transparentes privativas sai por 250 reais, e os clientes podem ocupar a estrutura por até duas horas, com a possibilidade de almoçar ou jantar ouvindo uma playlist de sua escolha.

Cada domo terá sistema de ventilação próprio e será higienizado antes e depois de cada visita. Haverá um garçom dedicado para cada grupo de visitantes, equipado com luvas, máscara e protetor facial.

Além das cervejas, sem precisar sair das bolhas, o público poderá saborear pratos de quatro restaurantes diferentes: o coreano Komah, do chef Paulo Shin; o brasileiríssimo A Baianeira, da chef Manuelle Ferraz; o Matilda Lanches, com a cozinha autoral da chef Renata Vanzetto; e o Mescla, do chef boliviano Checho Gonzales. Já as sobremesas ficam por conta da doceria Da Feira Ao Baile.

A entrada de 250 reais não inclui os pratos, que têm que ser pagos à parte. No cardápio, de uma moqueca de banana com ora-pro-nobis a um Red Velvet desconstruído com sorvete de cream cheese, fava de baunilha e frutas vermelhas, nenhum dos pratos sairá por mais de 35 reais.

Chegando no local, os visitantes passarão por cabines de sanitização e medição de temperatura, além de encontrar álcool em gel nos domos e em outros pontos de acesso. Nas áreas comuns, máscaras são de uso obrigatório, e a circulação será limitada. Dentro das bolhas, que são destinadas a pessoas que já dividem o mesmo ambiente na quarentena, cada visitante receberá um par de protetores para colocar nos calçados antes de entrar. A visualização do cardápio e o pagamento serão realizados de forma digital.

"Apoiamos a gastronomia e acreditamos em reunir pessoas em volta da mesa para criar momentos especiais. Queremos proporcionar uma experiência inédita, segura e divertida", diz Mariana Porto, gerente de marketing de Stella Artois. Antes de São Paulo, o evento passou por Belo Horizonte, em Minas Gerais, e pelo Rio de Janeiro. Entre os cariocas, os ingressos para as bolhas esgotaram em apenas um final de semana.

 

 

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

 

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também