Casual

Seita sexual da atriz Allison Mack, de "Smallville", ganhará nova série

Essa é a segunda série documental sobre a seita NXIVM, que atraía mulheres bem-sucedidas para torná-las escravas sexuais

Seduced: Inside the NXIVM Cult, abordará como mulheres bem-sucedidas foram escravizadas pela seita.  (Starz Play/Divulgação)

Seduced: Inside the NXIVM Cult, abordará como mulheres bem-sucedidas foram escravizadas pela seita. (Starz Play/Divulgação)

MD

Matheus Doliveira

Publicado em 15 de outubro de 2020 às 15h25.

Última atualização em 15 de outubro de 2020 às 16h42.

Depois de a HBO lançar em agosto a série The Vow, uma narrativa documental de nove episódios que conta a história da seita sexual NXIVM, liderada pelo empresário e guru americano Keith Raniere e que tinha como aliciadora a atriz Allison Mack, que deu vida à personagem Chloe Sullivan na série Smallville, o canal de TV StarzPlay lançara no dia 15 de novembro uma nova série sobre a seita, narrada pelas atrizes India Oxenberg e Catherine Oxenberg, mãe e filha que foram reféns da organização durante anos. 

Pela primeira vez, na terça-feira, 13, India Oxenberg falou sobre os abusos sexuais que sofreu na NXIVM no programa matinal Good Morning America, da ABC. Em entrevista promocional da nova série, que se chamará Seduced: Inside the NXIVM Cult, India contou que ela e sua mãe, Catherine, foram atraídas para os cultos que prometiam ser um grupo de autoajuda. “Quando você não sabe, é tão fácil ser desencaminhada, especialmente por pessoas que são mestres em manipulação”, disse, acrescentando que chegou a pagar cerca de 100.000 dólares durante os anos que fez parte da organização e que foi estuprada pelo líder do grupo, Keith Raniere. 

https://www.youtube.com/watch?v=MS208gb1-7w&feature=emb_logo

Segundo relatos das vítimas da NXIVM, as mulheres da seita eram constantemente abusadas sexualmente e algumas delas foram até mesmo marcadas com ferro quente. India ainda disse ao Good Morning America que a atriz Alisson Mack a forçou a entregar fotos nua como forma de extorqui-la.

No início desse ano, promotores do estado de Nova York pediram prisão perpétua ao guru Keith Raniere. Alisson Mack, braço direito do empresário, admitiu culpa por aliciar mulheres e foi condenada a sete anos se prisão. 

Acompanhe tudo sobre:abuso-sexualEscândalosHBOSériesSéries americanas

Mais de Casual

3,5 mil quartos e R$ 100 milhões em reformas: os planos da Meliá para o Brasil

Senna e filme sobre Fórmula 1: como o esporte tem se tornado tendência nos streamings e cinemas

Os 5 melhores filmes e séries para maratonar no fim de semana

Jefferson Rueda volta ao comando da Casa do Porco com novo menu ainda mais do 'interior'

Mais na Exame