Quem é Nia DaCosta, a diretora por trás de Capitã Marvel 2

Conheça a primeira diretora negra da Marvel, também responsável pela sequência de "O Mistério de Candyman"

Após 10 anos de sucesso estrondoso de bilheteria, a lista de personalidades de Hollywood que já foram requisitadas ou quiseram estar envolvidas em algo da Marvel Studios é extensa. E, apesar do grande número de estrelas envolvidas, foi apenas recentemente que o estúdio começou a se importar com a representatividade em seus filmes - sendo "Pantera Negra" um dos marcos mais importantes para o universo da Marvel.

Desde a estreia de Chadwick Boseman na pele do super-herói de Wakanda, a discussão sobre a presença negra nos gêneros ganhou mais força. Atores negros como Anthony Mackie e Zendaya ganharam mais espaço em seus respectivos papéis, Falcão e Michelle Jones - e Mackie será o próximo a vestir o manto de Capitão América, como sucessor de Chris Evans.

E, agora, o estúdio deu outro passo importante para a inclusão no seu mundo cinematográfico. A diretoria Nia DaCosta, que assina os filmes "Little Woods" e "Candyman", futuro longa de terror que roteirizou juntamente com Jordan Peele, foi escolhida para dirigir a sequência de Capitã Marvel, primeiro longa da Marvel protagonizado por uma super-heroína.

Lançado em 2019, o filme arrecadou US$ 1,1 bilhão e é um dos grandes sucessos do estúdio. A escolha de DaCosta para a direção foi uma boa surpresa, visto que esse será o terceiro grande longa da diretora.

DaCosta estreou como diretora de longa-metragens com "Little Woods", suspense policial que escreveu e dirigiu. O roteiro do longa foi finalizado em 2015 e selecionado pelos especialistas do Festival Sundance como um dos doze destaques daquele ano. A diretora conseguiu o financiamento necessário para o filme por meio da plataforma voltada para fins criativos Kickstarter, e totalizou US$ 5 mil.

Logo de cara, DaCosta trabalhou com grandes atrizes como Lily James e Tessa Thompson - que também faz parte da Marvel -, que foram protagonistas do longa. O filme ganhou o prêmio Nora Ephron do Festival de Cinema de Tribeca em 2018, e foi crucial para o futuro destaque da diretora, que tem como enfoque contar histórias de mulheres fortes, indo contra a idealização de protagonistas femininas passivas.

E, ainda em 2018, DaCosta foi anunciada como diretora da sequência do filme "O Mistério de Candyman", onde trabalharia ao lado de Jordan Peele, considerado um dos novos mestres do gênero de terror. Sua escolha para direção repercutiu após muitos sites darem destaque apenas para Peele, embora ele não assine a direção do novo Candyman.

O longa está previsto para estrear em 25 de setembro de 2020, mas corre o risco de ser adiado novamente.

Ainda sem muitas informações, "Capitã Marvel 2" trará novamente Brie Larson no papel de Carol Danvers e está programado para estrear em 8 de julho de 2022.

Os três longas que trabalhou até o momento são de gêneros bastante divergentes - suspense policial, terror e ação/ficção científica. Além de ressaltar a versatilidade da diretora em ascensão, os projetos escolhidos também indicam que ela está experimentando diversas formas de contar histórias - resta esperar para saber qual será sua marca registrada.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.