Rosewood São Paulo é eleito um dos 100 melhores novos hotéis do mundo

A lista contém hotéis de mais de 35 países, incluindo destinos idílicos como as Maldivas, ilhas do Caribe e Costa Amalfitana, e capitais tradicionais como Londres, Paris, Madri e Viena
Biblioteca do lobby; livros para os hóspedes. (Exame/Leandro Fonseca)
Biblioteca do lobby; livros para os hóspedes. (Exame/Leandro Fonseca)
Por Julia StorchPublicado em 20/04/2022 12:30 | Última atualização em 20/04/2022 12:30Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Ainda que os dois últimos anos tenham abalado o setor de turismo, o momento também serviu para que redes hoteleiras investissem em projetos como construções de novos hotéis e reformas de estabelecimentos já reconhecidos. Com diversos lançamentos, a revista Travel and Leisure foi atrás dos 100 melhores novos hotéis do mundo. Dentre as propriedades, o Brasil aparece com o hotel-galeria Rosewood São Paulo.

A lista contém hotéis de mais de 35 países, incluindo destinos idílicos como as Maldivas, ilhas do Caribe e Costa Amalfitana, e capitais tradicionais como Londres, Paris, Madri e Viena.

Segundo a publicação, a lista não apresenta apenas os hotéis mais sofisticados, mas as propriedades também têm diferenciais. Um dos atrativos do Rosewood, são as obras de arte espalhadas por todos os ambientes do hotel.

Cravado próximo a um dos marcos da cidade, a Avenida Paulista, o complexo segue a filosofia da rede Rosewood, a sense of place, ou seja, trazer a cultura e a história locais para as experiências dos hóspedes.

As dependências contam com mais de 450 obras de 57 artistas brasileiros. As peças estão presentes do piso ao teto. A tapeçaria inspirada na fauna e na flora nacional foi concebida por Regina Silveira, as gravuras de plantas híbridas são de Walmor Corrêa nos elevadores temáticos com os enigmáticos nomes Energético, Afrodisíaco e Alucinógeno, e as folhas douradas pendendo do teto do quinto andar foram produzidas por Laura Vinci.

Rabo di Galo: bar com pocket shows e carta com drinques autorais (Leandro Fonseca/Exame)

Além disso, na avaliação, a gastronomia também é exaltada. "No café da manhã, com uma tigela de iogurte de leite de ovelha, nectarinas e pólen de abelha na minha frente, achei que era o lugar mais tranquilo de toda a cidade", avaliou o site.

No hotel há seis opções de gastronomia. Após a travessia pelo lobby, está o Le Jardin que, como o nome diz, se estende pelas folhagens da Mata Atlântica em um imenso quintal. Anexo à esquerda está o Rabo di Galo, bar com coquetelaria assinada pela bartender Ana Paula Ulrich,­ vencedora do Patrón Perfectionists 2019.

Há ainda o Blaise, uma brasserie com interior inspirado em um chalé de madeira, o Taraz, com cardápio assinado pelo chef Felipe Bronze, o Emerald Garden Pool & Bar e o Belavista Rooftop Pool & Bar. Exclusivo para adultos, o espaço oferece vista panorâmica da cidade. Por ora, apenas os restaurantes Blaise, Le Jardin e o bar Rabo di Galo estão em funcionamento.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.