Range Rover mostra o Velar, SUV para enfrentar o Porsche Macan

Mais requintado (e maior) do que o Evoque, modelo se aproxima do Range Rover Sport em conteúdo e tecnologia
Range Rover: no Brasil, o modelo deverá chegar entre o final deste ano e o início de 2018 – a produção nacional, no entanto, está descartada (Quatro Rodas/Divulgação)
Range Rover: no Brasil, o modelo deverá chegar entre o final deste ano e o início de 2018 – a produção nacional, no entanto, está descartada (Quatro Rodas/Divulgação)
Por Quatro RodasPublicado em 02/03/2017 17:12 | Última atualização em 02/03/2017 19:08Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A Land Rover apresentou ao mundo o Range Rover Velar. O novo utilitário esportivo da marca mais luxuosa do grupo Jaguar Land Rover preencherá a lacuna existente entre o Evoque e o Range Rover Sport, batendo de frente com rivais como Porsche Macan, BMW X4 e Mercedes-Benz GLC Coupé.

No Brasil, o modelo deverá chegar entre o final deste ano e o início de 2018 – a produção nacional, no entanto, está descartada.

Faróis têm tecnologia de iluminação a laserFaróis têm tecnologia de iluminação a laser (divulgação/Quatro Rodas)

Embora os traços lembrem os demais SUVs da gama Range Rover (e até a quinta geração do Land Rover Discovery), o Velar tem um estilo mais esportivo, realçado em detalhes como a silhueta mais esguia e a curvatura do teto mais baixa do que nos outros modelos.

Curvatura do teto é mais baixa do que nos demais SUVs da marcaCurvatura do teto é mais baixa do que nos outros SUVs da marca (divulgação/Quatro Rodas)

Os faróis (que lembram o estilo do Range Rover Vogue) trazem a tecnologia de laser, ampliando o alcance dos fachos para até 550 metros. Nas laterais, as maçanetas embutidas surgem ao destravar as portas, assim como no Jaguar F-Type. De acordo com a Land Rover, esse detalhe contribui para atingir o coeficiente aerodinâmico de 0,32. Atrás, as lanternas têm formato parecido com as do Evoque, mas invadem a área da tampa do porta-malas, dominada pela régua com o nome “Range Rover”.

Duas telas de 10 polegadas dominam o console centralDuas telas de 10 polegadas dominam o console central (divulgação/Quatro Rodas)

O interior tem um visual bastante limpo, facilitando a localização de todos os comandos. O sistema de entretenimento Touch Pro Duo é formado por duas telas integradas de 10 polegadas, substituindo a maioria dos botões e alavancas – até o controle do sistema de tração Terrain Response é incorporado nas telas, dependendo da versão. Há dois botões giratórios e multifuncionais agrupando os comandos de climatização, som, modos de condução e outras configurações. Já o quadro de instrumentos foi trocado por uma tela TFT de 12 polegadas.

Bancos e portas podem ser revestidos com um tipo de tecido especialBancos e portas podem ser revestidos com um tipo de tecido especial (divulgação/Quatro Rodas)

Um par de botões giratórios agrupa controles de climatização e modos de conduçãoUm par de botões giratórios agrupa controles de climatização e modos de condução (divulgação/Quatro Rodas)

O comprador poderá escolher entre oito opções de acabamento interior, além de um tipo de tecido desenvolvido em parceria com a Kvadrat (maior fabricante de tecidos da Europa), como alternativa mais ecológica ao couro. O sistema de som fornecido pela Meridian pode ter até 1.600 watts de potência e 23 alto-falantes.

Maçanetas são embutidas, como no Jaguar F-TypeMaçanetas são embutidas, como no Jaguar F-Type (divulgação/Quatro Rodas)

 

Lanternas lembram o Range Rover Vogue, mas são mais horizontaisLanternas lembram o Range Rover Vogue, mas são mais horizontais (divulgação/Quatro Rodas)

SUV terá seis opções de motorização, incluindo a 3.0 V6 SuperchargedPonteiras de escapamento dão um ar mais esportivo ao Velar (divulgação/Quatro Rodas)

O Velar será oferecido em seis motorizações. Entre as opções movidas a diesel, há a linha Ingenium de 180 cv ou 240 cv, sendo que um V6 de 300 cv também fará parte do cardápio. Do lado dos motores a gasolina, destaque para o Ingenium de 250 cv e o 3.0 V6 Supercharged de 380 cv que equipa o F-Type. Uma terceira opção de 300 cv também será lançada futuramente.

Texto publicado originalmente no site Quatro Rodas.

Veja Também

Os carros que menos se desvalorizaram em 2020
Minhas Finanças
Há um ano • 3 min de leitura

Os carros que menos se desvalorizaram em 2020

Land Rover volta a fazer o Evoque no Brasil neste ano
Negócios
Há um ano • 4 min de leitura

Land Rover volta a fazer o Evoque no Brasil neste ano