Presencial e online, Festival Fartura ocorre de 11 a 13 de dezembro

Chefs de São Paulo, Brasília, Fortaleza, Belém, Porto Alegre e BH criaram menus em duplas que poderão ser degustados em seus restaurantes ou via delivery
 (Divulgação/Divulgação)
(Divulgação/Divulgação)
D
Daniel Salles

Publicado em 09/12/2020 às 17:14.

Última atualização em 11/12/2020 às 13:06.

Serão três dias saborosos para quem é fã da gastronomia brasileira. De 11 a 13 de dezembro, de sexta até domingo, ocorre o Festival Fartura Gastronomia Du Brasil, o Fartura, dessa vez espalhado por Belo Horizonte, São Paulo, Brasília, Fortaleza, Belém e Porto Alegre. Trinta chefs dessas cidades todas formaram duplas para criar menus que poderão ser degustados em seus restaurantes e também na sua casa, por meio do delivery, nas datas citadas.

A pandemia mexeu com a saúde mental dos brasileiros, mas é possível dar a volta por cima. Descubra como

Prato de Caetano Sobrinho e Eduardo Campelo (Divulgação/Divulgação)

Quer um aperitivo? A chef Janaína Rueda, do Bar da Dona Onça, em São Paulo, por exemplo, se juntou a Flávio Trombino, que comanda o tradicionalíssimo Xapuri, em Belo Horizonte. O ponto alto do menu da dupla é o frango com quiabo e tartar de banana. De entrada, uma polpeta; de sobremesa, banana split com compota de jabuticaba. Custa 290 reais, o preço de cada um dos menus do novo Fartura.

Prato da dupla Flávio Trombino e Janaína Rueda (Divulgação/Divulgação)

Uma das curadoras do festival, a chef Morena Leite, do Capim Santo, se juntou a Vico Crocco, de Porto Alegre. O menu idealizado pelos dois começa com o polvo grelhado com ervas, acompanhado de batata no azeite, minifolhas de beterraba e molho de limão. De prato principal, pirarucu confitado no azeite com renda crocante de batata-baroa e molho de castanhas de caju com abobrinha. Fecha a refeição o banoffee com farofa de pecan e óleo de coco.

Flávio Trombino e Janaína Rueda (Divulgação/Divulgação)

Cada dupla foi incumbida de incluir em seus pratos um dos seguintes ingredientes, típicos das regiões participantes: mandioca, baru, rapadura, jabuticaba, azeite e banana. E a execução de cada receita foi filmada, em Belo Horizonte — os vídeos podem ser acessados por meio do site do Fatura, que lista também todos os chefs participantes e os menus criados por eles. Mais: a plataforma também concentra mais de 50 horas de conteúdo online, incluindo dicas de empreendedorismo e shows de música e teatro.

Rodrigo Ferraz, diretor-geral da Plataforma Fartura (Divulgação/Divulgação)

“Em um ano de pandemia mundial conseguimos estar presente no Brasil inteiro, criar conexões reais entre todas as pontas da cadeia gastronômica e levar isso ao público. E seja em forma de conhecimento, seja por meio de experiência”, explica Rodrigo Ferraz, diretor-geral da Plataforma Fartura. O evento sucede o Festival Fartura Digital Belo Horizonte e o Festival Cultura e Gastronomia Pró-Tiradentes.