• AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
  • AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
Abra sua conta no BTG

Por que o Mini Countryman 2021 custa até R$ 299 mil? Testamos para saber

Lançamento da marca inglesa chega às lojas neste mês com quatro versões, duas delas eletrificadas, a mais em conta a 199.990 reais
 (Divulgação/Divulgação)
(Divulgação/Divulgação)
Por Daniel SallesPublicado em 03/11/2020 14:43 | Última atualização em 03/11/2020 17:07Tempo de Leitura: 5 min de leitura

O hatch de três portas da Mini virou sinônimo da montadora inglesa. Mas a subsidiária da BMW também aposta em outras quatro carrocerias. A mais espaçosa de todas é a do Mini Countryman, que pode ser definido como um SUV, o tipo de carro no qual a indústria mais tem investido, porém bem mais discreto e refinado. Em outras palavras, é para quem precisa de um carro com capacidade para filhos, cachorro, malas e mais malas, mas tem horror de veículos grandalhões e sem charme algum.

Qual o melhor investimento se Joe Biden ganhar? Tenha a melhor análise da Bolsa e fique preparado para qualquer situação. Teste grátis por 10 dias

A Mini acaba de lançar a versão 2021 do modelo. Confira o nosso teste em primeira mão:

O novo Countryman ganhou quatro versões, duas eletrificadas (híbridas plug-in) e duas a combustão – todos são produzidos em Born, na Holanda. No modo exclusivamente elétrico, o veículo tem autonomia de 57 quilômetros e chega a no máximo 125 quilômetros por hora (quer acelerar mais? O motor a combustão dá conta do recado). Os eletrificados podem ser carregados tanto em estações próprias para isso quanto na tomada de casa, de 110 ou 220 volts. A recarga, com a bateria zerada, demora de 2 a 8 horas e pode ser programada para o período no qual a energia fica mais barata.

Modelo chega às lojas com quatro versões, duas elétrics (Divulgação/Divulgação)

O lançamento se difere do Countryman anterior graças aos para-choques, que foram redesenhados e ganharam a companhia de faróis e lanternas em LED que remetem à bandeira do Reino Unido. O porta-malas dos modelos a gasolina somam 450 litros de capacidade e o dos outros dois, 405 litros, em razão do espaço tomado pela bateria.

A central multimídia dispõe de uma tela de 8,8 polegadas sensível ao toque. Ela permite, por exemplo, acionar o serviço de concierge, sempre à disposição para fazer reservas em hotéis e restaurantes, entre outras tarefas do tipo.

A versão mais em conta, a combustão, custa 199.990 reais; a mais cara, também a gasolina, porém com 306 cavalos de potência, sai a 299.990 reais. Um dos modelos híbridos está sendo vendido a  234.990 reais e, o outro, a 264.990 reais.

O modelo de entrada dispõe de um propulsor TwinPowerTurbo com três cilindros e 1.5L de 1.499 cilindradas. São 136 cavalos de potência e 220 Nm de torque entre 1.400 e 4.300 rotações por minuto. O sistema de transmissão automática envolve sete velocidades com dupla embreagem. Em caso de freada brusca, o pisca-alerta é acionado automaticamente.

O segundo modelo da família, o SE Countryman ALL4 Exclusive, é movido por um propulsor TwinPowerTurbo com três cilindros e 1.5L de 1.499 cilindradas. Ele opera, no entanto, em conjunto com um motor elétrico que contribui para que o motorista tenha à disposição 224 cavalos e um torque de 386 Nm a até 4.300 rpm. A transmissão, automática, é de seis marchas, e há tração nas quatro rodas.

Lanternas remetem à bandeira do Reino Unido (Divulgação/Divulgação)

O SE Countryman ALL4 Top, por sua vez, ostenta o mesmo motor que a outra versão eletrificada. Seus diferenciais são as rodas de 19 polegadas Turnstile Spoke, os revestimentos em couro, o sistema de alto-falantes hi-fi assinado pela Harman Kardon e o volante esportivo em couro, entre outros adicionais.

O mais caro de todos, o John Cooper Works Countryman ALL4, esconde um motor TwinPowerTurbo de 4 cilindros e 2.0L. Torque? De 450 Nm entre 1.750 e 4.500 rotações e 306 cavalos de potência. A transmissão automática Steptronic, esportiva, envolve oito marchas com Sistema LaunchControl. Outros diferenciais: rodas exclusivas, assentos esportivos com revestimento especial, transmissão automática para manobras em alta velocidade e por aí vai.

Alguns dos modelos têm espelhos retrovisores exteriores com função de estacionamento, display extra para monitoramento de velocidade e sistema de abertura e fechamento automático do porta-malas, além de câmera de ré e teto solar panorâmico. É possível escolher cores diferentes para o teto e ainda acrescentar faixas decorativas. O charme da Mini é uma característica comum aos quatro novos modelos da marca.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.