Casual
Acompanhe:

O Tomahawk da casa do piloto Felipe Massa: segredos revelados

No novo episódio da Revolução do Churrasco, o chef do Beefbar de São Paulo, do qual o ex-piloto de F1 é sócio, dá o passo a passo de um dos hits da casa, feito em forno de 1.100 °C

 (Exame/Divulgação)

(Exame/Divulgação)

M
Matheus Doliveira

7 de março de 2022, 20h17

O palco do quarto episódio da Revolução do Churrasco traz um sócio famoso: o piloto de Fórmula 1 Felipe Massa. Ele é um dos donos do Beefbar paulistano, filial de uma rede surgida no principado de Mônaco, onde massa reside há mais de dez anos.

As demais unidades do Beefbar ficam em destinos badalados como Mikonos, na Grécia, e Saint-Tropez, na França. 

Com decoração requintada e investimento de mais de R$ 5 milhões, a filial paulistana surgida na pandemia gaba-se de ter um forno que chega a 1.100 graus Celsius.

É uma das explicações para a crosta crocante das carnes, a marca registrada dos Beefbars mundo afora. 

Neste episódio, o repórter Daniel Salles conversa com o chef do Beefbar, Diego Porto, que dá dicas para quem quer preparar uma carne com crosta em casa. "Esse forno foi especialmente projetado pela Beefbar. Com ele, a gente consegue diminuir o tempo de cocção da carne mantendo propriedades como suculência e sabor", afirma o chef. Assista