Casual

Noivos servem comida vencida no casamento — por uma ótima causa

Afinal, nem tudo que vai para a lata de lixo deveria estar lá

Sem desperdício: a ONG Foodcycle preparou um menu colorido todo vegetariano. (Twitter (@FoodCycleCamb)/Reprodução)

Sem desperdício: a ONG Foodcycle preparou um menu colorido todo vegetariano. (Twitter (@FoodCycleCamb)/Reprodução)

Vanessa Barbosa

Vanessa Barbosa

Publicado em 1 de julho de 2017 às 07h17.

Última atualização em 1 de julho de 2017 às 07h17.

São Paulo - Muita gente sonha com um casamento grandioso, regado a bebidas e guloseimas requintadas. Não os recém-casados Seigo Robinson, 31, e Romilde Robinson, 32, que buscavam uma festa minimalista, sustentável e sem desperdício.

E assim foi. Para o aguardado banquete pós-cerimônia, o casal de Cambridge, no Reino Unido, resolveu servir apenas alimentos que iriam para o lixo — não por estarem estragados, nada disso, mas por terem passado do prazo de validade.

Para essa empreitada, eles contrataram os serviços da Foodcycle, uma entidade de caridade local que reaproveita alimentos vencidos descartados por supermercados para servir pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Mas que absurdo comer alimento fora da validade! você deve estar pensando. Calma. Um número crescente de estudos científicos na Europa e nos EUA tem mostrado que a indicação da data de validade confunde o consumidor e induz ao desperdício de uma variedade de alimentos que ainda são perfeitamente comestíveis, mesmo “vencidos”.

https://twitter.com/TooGoodToGo_UK/status/880018959617097728

A equipe da Foodcycle preparou um menu colorido todo vegetariano usando nada além de "resíduos alimentares". Teve goulash de cogumelos, curry de casca de banana, "mac and cheese" caseiro, biscoitos, torta de maçã, pizzas vegetarianas, saladas diversas, petiscos e canapés. Na saída, os convidados ainda ganharam "bonequinhos de pão de gengibre".

"Tentar minimizar nosso impacto ambiental e ajudar as organizações que fornecem apoio social e comunitário foi algo realmente importante para nós", disse o noivo ao site Cambridge News. De quebra, o casal economizou nada menos do que 10 mil libras esterlinas (cerca de  43 mil reais), relata o Daily Mirror. 

O banquete "eco-friendly" repercutiu tão bem que a entidade já tem dois casórios no mesmo estilo agendados para o mês de setembro.

Anualmente, 1,3 bilhão de toneladas, o que equivale a cerca de um terço da produção total de alimentos no mundo, vai parar no lixo. Enquanto isso, 870 milhões de pessoas passam fome e, a cada dia, mais de 20 mil crianças menores de 5 anos morrem de fome, segundo a ONU.

O desperdício de comida significa também desperdício de recursos naturais, contribuindo para impactos ambientais negativos.

Acompanhe tudo sobre:AlimentosMeio ambienteSustentabilidade

Mais de Casual

Ícone atemporal, Melissa desembarca em Paris com experiência sensorial

Os 16 melhores vinhos brasileiros avaliados em concurso internacional

Com patrocínio da LVMH, a Olimpíada de Paris vira vitrine para o grupo

Próximo ao prédio mais alto de SP, restaurante com menu do Oriente Médio tem alma da boa comida

Mais na Exame