Neymar adia decisão, mas fica entre Barça e Real Madrid

O atacante adiou sua decisão na madrugada deste sábado e, mesmo depois de horas de reunião, a novela sobre sua transferência será prolongada por mais um tempo

São Paulo - O atacante Neymar, que tem a chance de escolher seu futuro no futebol espanhol entre Barcelona - o favorito - e Real Madrid, adiou sua decisão na madrugada deste sábado e, mesmo depois de horas de reunião, a novela sobre sua transferência será prolongada por mais um tempo.

"Vou decidir isso com minha família, pois não tenho pressa. A decisão pode sair em 5 minutos, em meia hora ou em três dias", declarou o atacante ao deixar a Vila Belmiro, em Santos, na madrugada deste sábado.

Em uma nota oficial, o Santos divulgou que, "na reunião com os representantes do Comitê de Gestão do clube, o atacante Neymar recebeu as propostas que foram enviadas e deve analisá-las nos próximos dias, antes de tomar a decisão definitiva".

Neymar Júnior, acompanhado por seu pai (Neymar) e pelo empresário Wágner Ribeiro, chegou a Vila Belmiro já depois da meia-noite para se encontrar com os diretores do Santos, que, anteriormente, já haviam tido uma reunião de quase oito horas com representantes do Barcelona para acertar a contratação do atacante.

O Santos, no meio da reunião, aceitou duas propostas para negociar a transferência do atacante, embora não tenha revelado o nome das equipes, e deixou nas mãos do jogador a decisão de escolher seu futuro.

Após a reunião, no entanto, o vice-presidente do Santos, Odilio Rodrigues, confirmou que a primeira oferta era do Barcelona, enquanto a segunda era de outro grande time espanhol, o Real Madrid.

"Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance para segurar Neymar no Santos", declarou Rodrigues.

Segundo as fontes do clube, o Barcelona apresentou uma nova proposta oferecendo 28 milhões de euros (cerca de R$ 74 milhões) pelos direitos do jogador.

Em relação às propostas feitas pelo Barcelona e Real Madrid, Neymar comentou: "É um orgulho, é o momento mais feliz da minha vida. Vou pensar com carinho essas duas propostas".

O encontro de Neymar, seu pai e o empresário com os diretores do Santos não durou mais que meia hora, ao contrário do longo encontro entre a representação do Barcelona e os dirigentes do Santos.

Ao término dessa reunião, pouco depois das 20h, o diretor de futebol do Barcelona, Raúl Sanllehí, afirmou aos jornalistas que "a decisão está em mãos do rapaz".

Junto a Sanllehí, a reunião contou com a presença de André Cury, representante do Barcelona na América do Sul, e do empresário Marcos Malaquías, além do vice-presidente do Santos, Odilio Rodrigues, e Neymar pai, representante do jogador, que depois saiu para se encontrar com seu filho.

A "novela" da transferência de Neymar ao futebol europeu começou a ser escritas nos últimos meses com viagens de negócios, embora o pai do atleta sempre tenha ressaltado a intenção do mesmo em completar seu contrato com o Santos até 2014.

No entanto, caso Neymar ficasse até meados do próximo ano no Brasil, o Santos não receberia nada em sua negociação posterior.

Apesar do interesse de outras equipes da Europa, como Real Madrid e Chelsea, o Barcelona acabou assumindo à frente das negociações, tanto que representantes do clube catalão se encontram em Santos para fechar a contratação definitiva do atacante.

Independentemente do desfecho da negociação, o jogador manifestou sua intenção de jogar no próximo domingo, quando o Santos enfrenta o Flamengo na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Posteriormente, Neymar se apresentará à seleção para a disputa da Copa das Confederações, que começará no próximo dia 15 de junho.

"Agora, temos que ir para casa, sentar e conversar. Não poderíamos tomar uma decisão no meio do calor e da euforia. Por isso, vamos conversar e ver o que Neymar deseja", assinalou o pai do jogador, que ressaltou que o jogador deverá jogar no domingo.

A partida entre Santos e Flamengo será disputada no estádio Nacional "Mané Garrincha", de Brasília, sede da partida inaugural da Copa das Confederações entre Brasil e Japão. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.