Casual
Acompanhe:

Leões aproveitam isolamento social para deitar em estrada na África do Sul

O país decretou quarentena até o fim de abril; os animais vivem no parque Kruger National Park que tem quase 2 milhões de hectares

Leões na estrada: imagem é rara, porque, em dias normais, haveria tráfego naquele horário (Richard Sorry/Kruger National Park/ Reprodução Twitter/Reprodução)

Leões na estrada: imagem é rara, porque, em dias normais, haveria tráfego naquele horário (Richard Sorry/Kruger National Park/ Reprodução Twitter/Reprodução)

N
Natália Flach

18 de abril de 2020, 14h54

Leões estão aproveitando o isolamento dos turistas para tirar um cochilo em uma das estradas que cortam o parque Kruger National Park, na África do Sul. Os animais vivem na reserva Kempiana Contractual Park, uma parte do parque que os turistas não costumam visitar.

A África do Sul determinou isolamento social como meio de combater a disseminação ao novo coronavírus. Inicialmente seriam 21 dias de quarentena, mas o presidente Cyril Ramaphosa anunciou, em 8 de abril, que a medida durará até o final deste mês.

Ao todo, o Kruger National Park tem quase 2 milhões de hectares. A foto foi publicada no Twitter do parque.

Em entrevista à CNN, o porta-voz do parque, Isaac Phaahla, disse que a cena é pouco usual, porque em circunstâncias normais haveria tráfego naquele horário, o que faria com que os leões dormissem na vegetação.