Leite vegetal, por que não? Veja as vantagens e desvantagens

Saudáveis e saborosas, as bebidas vegetais podem tranquilamente substituir o leite de vaca, mas custam três vezes mais

São Paulo - Seja de soja, de castanha, de arroz ou de aveia, as bebidas vegetais, também conhecidas como leites vegetais, desempenham papel importante na alimentação - principalmente daqueles que possuem algum tipo de restrição à lactose ou que não consomem nada de origem animal.

Saudáveis e saborosas, elas podem tranquilamente substituir o leite de vaca e possuem vantagens nutricionais quando comparadas com o leite tradicional.

"Além de poder escolher o sabor que mais agrada o paladar, as bebidas vegetais são altamente nutritivas e benéficas para saúde uma vez que são feitas a partir de alimentos super nutritivos, como arroz, aveia, quinoa, soja, amêndoa ou castanha", afirma Ana Ceregatti nutricionista especialista em vegetarianismo.

Segundo ela, a maioria - principalmente as encontradas prontas - possui cálcio e quase nenhum aditivo alimentar na composição, ou seja, são mais naturais e menos processadas que o leite de vaca.

O preço, no entanto, é um fator que pode pesar na hora da escolha uma vez que as bebidas vegetais costumam ser pelo menos três vezes mais caras que o leite tradicional.

Optar por fazer a bebida em casa é uma boa alternativa para quem deseja substituir o leite de vaca pelo vegetal ou simplesmente para quem deseja incluir esse tipo de alimento no cardápio. Há sites especializados com receitas diversas de bebidas vegetais.

Ana explica ainda que não há restrições de idade, ou seja, mesmo crianças podem desde cedo consumir bebidas vegetais. "Até 1 ano , a criança deve ingerir a fórmula infantil dos leites especais vendidos no mercado. A partir desta idade já é possível introduzir a bebida vegetal sem nenhuma restrição", diz a nutricionista.

À base de soja

Entre todas as opções disponíveis no mercado, Ana aconselha, no entanto, prestar atenção nas bebidas à base de soja, pois além de serem feitas com soja transgênica, levam açúcar ou adoçante em níveis elevados na sua composição. 

"É o que sempre digo para meus pacientes: leiam as informações nutricionais dos produtos antes de consumi-los. Esse é o primeiro passo para fazer boas escolhas alimentares, inclusive das bebidas vegetais", afirma.

[galeria-abril id='36135' type='list']

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.