Lacoste inaugura loja com novo conceito para falar com geração Z

O espaço no shopping Iguatemi da Faria Lima tem agora pagamento por QR code e modelos de tênis coloridos com solados enormes

Quem passar na frente da loja da Lacoste no shopping Iguatemi da Faria Lima, em São Paulo, vai se surpreender. Na linha de frente, as roupas expostas são da linha Live!, mais fashion, mais coloridas, com estampas, o logo grande do crocodilo. Também não há mais vitrine. O espaço é todo aberto, convidativo aos clientes ou apenas aos curiosos.

A loja foi reinaugurada no fim da semana passada sem alarde, sem festa, como pedem os tempos de pandemia. É o primeiro ponto de venda da Lacoste na América Latina com o novo conceito “Le Club Evolution”, que representa a fusão do urbano com o lifestyle da marca.

O espaço repaginado de 112 metros quadrados, em um dos pontos nobres do shopping, foi criado em conjunto pelas equipes brasileiras e francesas de arquitetura. A ideia é misturar o passado ligado ao tênis com a cena urbana hoje. As paredes têm uma textura de cimento queimado e os bancos trazem a cor verde escura associada aos tradicionais clubes de tênis e à grama das quadras.

“O Le Club Evolution traz um mix da tradição da marca esportiva de René Lacoste por meio do uso inovador de novos materiais e tecnologia”, diz Gustavo Correa, gerente de expansão e arquitetura da marca.

Modelos chunky e estilo kidcore

Carolina Duque, diretora de recursos humanos e experiência do cliente da Lacoste para América Latina, explica que a intenção é trazer a geração Z para a marca. “Existe um público fiel à marca, tradicional. Para esse universo sempre teremos as clássicas camisas polo em dezenas de tons, além de toda a parte social”, afirma. “Mas para além disso estamos vindo com coleções com muita informação de moda para consumidores mais jovens, antenados com o streetwear.”

Na parede à esquerda de quem entra na loja estão expostos os sneakers, uma das grandes apostas da marca. Até pouco tempo atrás, os tênis da Lacoste se restringiam a modelos de couro branco e sola baixa, muito discretos, no máximo com um pequeno logo do crocodilo na lateral.

Agora, calçados ultracoloridos roubam a cena. A marca traz os chamados modelos chunky, com solados enormes inspirados no estilo exagerado dos anos 1990. A modernidade anda ao lado da tradição. Pela primeira vez a Lacoste apresenta um modelo de performance, que está sendo usado esses dias pelo tenista Daniil Medvedev, número dois do mundo e patrocinado da marca, no torneio de Roland Garros.

Moletons felpudos oversized e estampas coloridas no chamado estilo kidcore, com inspiração infantil, também surpreendem quem associa a marca a sisudas calças chino cor de cáqui. O movimento de rejuvenescimento da Lacoste ficou mais forte desde 2018, com a chegada da estilista Louise Trotter como diretora criativa global.

Tecnologia de compra

Além do novo conceito de design, a marca aposta em um atendimento mais tecnológico ao cliente, visando praticidade e modernidade. “Reforçamos a nossa aposta no mercado, trazendo mais oportunidades, serviços e produtos para os nossos clientes, além de novas ferramentas digitais que facilitarão a experiência de compra”, afirma Olivier Dupuy, diretor de varejo e omnicanalidade da Lacoste para América Latina.

Dupuy explica que os clientes poderão pagar utilizando QR code em qualquer ponto da loja, além de poder agilizar seu atendimento pelo WhatsApp. “Este é o primeiro passo para uma aceleração da marca no país e na região, com a ambição de expandir nossa rede de lojas próprias”, diz.

A reabertura da loja conceito reforça a  importância da praça para a marca. “O Brasil é o quarto mercado em importância estratégica para a Lacoste, depois da França, dos Estados Unidos e da China”, disse Pedro Zannoni, CEO para a América Latina, em entrevista à EXAME no ano passado, assim que assumiu o cargo.

“Queremos expandir e reforçar nossa presença na região, através de um processo de modernização da experiência no ponto de venda, dialogando com a nova geração de consumidores”, diz Zannoni. “A loja do Iguatemi Faria Lima apresenta o conceito mais atual da marca no Brasil, onde cada detalhe está focado na experiência do cliente, ao mesmo tempo que remete ao espírito esportivo do tênis.”

O executivo promete muito jogo pela frente. “Estamos em um processo de transformação que os consumidores continuarão a ver nos próximos meses e anos. A nova loja no Iguatemi é apenas um começo.”

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também