Já comeu seus insetos hoje? UE dá passo inicial para incluí-los nos cardápios

Já imaginou saborear larva de besouros? Ela é segura para o consumo humano e como aditivo em pó, disse órgão europeu

Os insetos estão mais perto dos pratos europeus.

A larva da farinha seca de besouros é segura para o consumo humano como larva inteira e como aditivo em pó, disse na quarta-feira o órgão de vigilância alimentar da União Europeia sobre um pedido do criador de insetos francês EAP Group SAS – Micronutris, agora conhecido como Agronutris.

Como fica a Bolsa com o lançamento da vacina? Veja agora a análise das melhores empresas para investir hoje.

O parecer da Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar (EFSA, na sigla em inglês) é um primeiro passo antes que as autoridades considerem se aprovam a venda de salgadinhos, barras de proteína, biscoitos e outros alimentos que contenham insetos como ingredientes.

A decisão dá impulso para o negócio de criação de insetos, que a empresa de pesquisa Arcluster prevê que multiplicará por dez, ultrapassando US$ 4,1 bilhões globalmente até 2025. Os insetos emergem como fonte mais sustentável de proteína graças ao seu menor impacto ambiental e alto valor nutricional, atraindo financiamento recorde de capital de risco e atenção de gigantes como CargillNestlé.

“É um marco claro e importante para todo o setor”, disse Antoine Hubert, cofundador da francesa Ynsect SAS, que cria larvas de farinha e planeja se expandir em nutrição esportiva. “Haverá um efeito bola de neve. Isso aumentará o potencial para investir em mais capacidade e atrair mais financiamento para apoiar o crescimento.”

Esta é a primeira avaliação do risco de insetos como alimentos pela EFSA com sede em Parma, Itália, que tem outros 14 pedidos de autorização pendentes para insetos – de grilos a gafanhotos. A agência também disse que as reações alérgicas às larvas da farinha são possíveis, por isso mais pesquisas são necessárias.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.