IWC Schaffhausen amplia a coleção feminina Portofino

Para a campanha publicitária global, a IWC convidou Gisele Bündchen para lançar sua nova coleção Portofino
Para a campanha publicitária global, a IWC convidou Gisele Bündchen para lançar sua nova coleção Portofino. (IWC Schaffhausen/Divulgação)
Para a campanha publicitária global, a IWC convidou Gisele Bündchen para lançar sua nova coleção Portofino. (IWC Schaffhausen/Divulgação)
J
Julia Storch

Publicado em 12/09/2022 às 14:31.

Última atualização em 12/09/2022 às 14:41.

A história do Portofino começou com uma ideia simples, porém, surpreendente: por que não transformar um relógio Lépine de bolso com fases da lua em um relógio de pulso? Foi assim, em meio a taças de vinho, que o relojoeiro-chefe da IWC Schaffhausen, Kurt Klaus, e o designer-chefe Hanno Burtscher chegaram neste conceito.

Então, e como diz a lenda, Burtscher rabiscou em um guardanapo uma caixa de relógio de bolso com chifres, nascendo, assim, o primeiro Portofino. Foi a ideia certa na hora certa. Na década de 1980, a gama de produtos da IWC era dominada pelos relógios desportivos e elegantes SL Collection e pelos relógios IWC Porsche Design. No entanto, Hannes Pantli, diretor de vendas e marketing da IWC na época, entendeu que a demanda por relógios clássicos de ouro estava aumentando. Foi decidido, então, incluir mais modelos clássicos no portfólio e apresentá-los juntos em uma nova família de produtos.

Esta nova família recebeu o nome de Portofino, em homenagem à vila na costa italiana que ganhou fama na década de 1950 como um exclusivo destino de férias. Os relógios Portofino caracterizam-se pelo seu design clássico e redondo. Os mostradores são extremamente elegantes e apresentam indicadores de horas, algarismos romanos às 12 horas e 6 horas e elegantes ponteiros “feiulle”.

A pedra angular da primeira coleção de 1984 foi o Portofino Hand-Wound Moon Phase (Ref. 5251). O relógio com uma caixa de 46 mm era movido pelo calibre de relógio de bolso 9521 e, maliciosamente, chamado de “relógio de pulso de bolso”. Mas a coleção também incluía muitos modelos menores, projetados especificamente para mulheres.

Portofino 34 mm verde com caixa em ouro. (IWC Schaffhausen/Divulgação)

A referência 4531, por exemplo, era um delicado relógio feminino feito em ouro amarelo de 18 quilates com um diâmetro de caixa de apenas 25 mm. O primeiro Portofino com cronógrafo surgiu em 1988. O Portofino Chronograph Quartz (Ref. 3731) era alimentado pelo calibre de quartzo 631. Este movimento tecnicamente inovador combinava dois motores de passo controlados por quartzo com um cronógrafo mecânico e um módulo analógico de tempo e de contagem de tempo. Também foi apresentado como “Lady Chronograph” em 29 mm. Atualmente, a tradição do cronógrafo continua com o Portofino Chronograph com 42 mm (Ref. 3910) e o Portofino Chronograph 39 com 39 mm (Ref. 3914).

Em 1993, a IWC adicionou à coleção o Portofino HandWound (Ref. 2010). Com calibre de corda manual H/849 que media apenas 1,85 mm de altura, este modelo é um dos relógios de pulso mais achatados que a IWC já construiu.

PORTOFINO AUTOMATIC 37 mm caixa em ouro. (IWC Schaffhausen/Divulgação)

Agora, em 2022, como parte de uma abrangente atualização em sua linha Portofino, a IWC Schaffhausen apresenta uma coleção aprimorada de modelos Portofino com um diâmetro de caixa de 37 milímetros. Todos eles apresentam movimentos da família de calibres 32000 fabricados pela IWC com uma reserva de marcha de cinco dias. O Portofino Automatic Moon Phase 37 está disponível em três versões, enquanto o clássico Portofino Automatic 37 ganhou seis novas opções. Pioneira no setor de relógios de luxo, a IWC apresenta pulseiras feitas de couro suíço de bezerro totalmente rastreável. Cada pulseira vem com um código único que pode ser usado para rastrear a origem do material na internet. Outras referências na coleção apresentam uma pulseira de metal de 5 elos de alta qualidade recém-desenvolvida.

Toda a coleção Portofino Automatic 37 está equipada agora com movimentos da família de calibres 32000, fabricados pela IWC, com sistema de corda de lingueta automática e reserva de marcha de 5 dias. Os movimentos foram elaborados com parafusos azulados e rotores banhados a ouro e podem ser admirados através dos fundos de caixa de vidro de safira.

PORTOFINO CHRONOGRAPH 39 mm IW391502 Back (modelo GB). (IWC Schaffhausen/Divulgação)

Para os modelos com aros cravejados de diamantes, o formato da caixa foi otimizado para acomodar pedras maiores de 1,7 milímetros. O mostrador e a caixa dessas referências são decorados com 72 diamantes, totalizando 1,12 quilates. Além disso, devido a uma configuração aprimorada, os diamantes refletem melhor a luz e têm uma presença mais visível e um brilho adicional. A IWC também aplicou um novo tipo de acabamento do tipo sunray aos mostradores prateados, dando-lhes uma aparência mais suave e ainda mais refinada.

A IWC dá grande ênfase à transparência e quer ajudar a garantir que as origens dos materiais possam ser rastreadas em toda a sua cadeia de suprimentos.

A primeira no setor relojoeiro de luxo, a empresa agora oferece pulseiras suíço feitas de couro de bezerro totalmente rastreável com fechos dobráveis de borboleta. Estas pulseiras têm um acabamento natural e suave, apresentando um visual contemporâneo e luxuoso. Cada pulseira vem com um código único, que pode ser inserido no aplicativo da IWC para saber mais sobre a origem do couro utilizado.

Outras referências na coleção apresentam uma pulseira de aço inoxidável de 5 elos de alta qualidade recém-desenvolvida, com superfícies polidas e acabamento acetinado. Esta pulseira sofisticada e com um design moderno é muito confortável de usar. Todos os modelos possuem um sistema de troca rápida, possibilitando alterar a pulseira ou o bracelete usando apenas uma pequena ferramenta que vem em cada relógio.

Para o Portofino Automatic Moon Phase 37, a IWC integrou pela primeira vez um módulo de fases da lua em um movimento da família de calibres 32000, fabricado pela IWC. Graças a um trem de rodas de redução especial, o mostrador funciona com tanta precisão que só se desvia da órbita real do satélite da Terra em um dia após 122 anos. O disco das fases da lua, localizado às 12 horas no mostrador, é feito de ouro maciço e estampado com um céu noturno azul. O mostrador pode ser ajustado facilmente através da coroa em intervalos diários.

Para a campanha publicitária global, a IWC convidou Gisele Bündchen para lançar sua nova coleção Portofino. A fabricante suíça de luxo tem orgulho de colaborar com a modelo e ambientalista brasileira, ainda mais agora que ela desempenha seu novo papel como a primeira Conselheira de Projetos Ambientais e Comunitários da IWC.

Na campanha publicitária, Gisele usa diferentes modelos Portofino – incluindo o novo Portofino Chronograph 39, com movimento de calibre 69355 fabricado pela IWC e fundo de caixa em vidro de safira.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.