Inédita no mundo, exposição de cryptoarte 3D é inaugurada em Florianópolis

Com investimentos de 12,5 milhões de reais, a exposição conta com obras de grandes nomes da arte digital mundial que podem ser compradas aos que passam pela avenida Beira-Mar Continental, em Florianópolis
 (Divulgação/Divulgação)
(Divulgação/Divulgação)
J
Julia Storch

Publicado em 11/11/2021 às 09:51.

Última atualização em 11/11/2021 às 10:24.

Quem passa pela avenida Beira-mar Continental em Florianópolis, pode avistar de longe o painel de 50 metros de altura e 350 metros quadrados que exibe a exposição digital 3D Breaking The Fourth Wall. A novidade foi trazida ao país por meio de uma parceria da agência internacional de Nova York Rise New York & Partners e o Floripa Square.

Com investimentos de 12,5 milhões de reais, a exposição conta com obras de grandes nomes da arte digital mundial que podem ser compradas aos que passam pela avenida. Por meio da leitura de um QR Code, o interessado em conhecer e adquirir as obras é direcionado para o site no qual elas estão expostas e ali mesmo pode fazer a compra da arte escolhida em NFT (tokens não fungíveis).

A arte digital em NFT possibilita aos artistas a expansão da visibilidade de suas obras. O NFT é um ativo digital que tem sua autenticidade comprovada por blockchain, a mesma tecnologia usada nas criptomoedas.

A exposição conta com a participação de um time de artistas digitais brasileiros, como André Holzmeister, brasileiro que mora nos Estados Unidos e considerado referência mundial em NFT.

A mega tela de 350 metros quadrados na avenida Beira-Mar Continental, em Florianópolis. (Divulgação/Divulgação)

Segundo o artista, a exposição é uma oportunidade para as pessoas se aproximarem mais do universo da arte digital, e uma possibilidade para os artistas divulgarem seus trabalhos.

"O NFT veio para democratizar a arte digital. Além disso, dá a oportunidade para o artista digital assinar a sua própria obra, atestando sua originalidade e garantindo-a como único exemplar", afirma Holzmeister, que, além de expor, é responsável pela curadoria da mostra.

André destaca que a criptoarte é apenas uma parte do universo de criptos, que permite adquirir vários outros itens digitais. "É um mundo novo que se abre, com olhos para o futuro", avalia.

Participam ainda da mostra os artistas Flávio Montiel, Rafael do Nascimento Fernandes, Rodrigo Rodrigues (RodRod), Vinícius Lavor, Edson Pavoni, Henrique Montanari (EDMX) e Uno.

Com o selo "Carbon Free", concedido à iniciativas que possuem práticas de compensação de emissão de Gases de Efeito Estufa, o complexo é autossustentável, ao utilizar energia de fontes renováveis.

Serviço:
Breaking The Fourth Wall - A Digital Art Expo
Avenida Beira-mar Continental - Florianópolis (SC)
Até 6 de dezembro
Gratuito
https://floripasquare.com.br/square-gallery/