Habib’s fará falta? Selecionamos 5 esfiharias que valem as calorias

O Habib's colocou placas de "passo o ponto" nas lojas, uma ação de marketing que será revelada nos próximos dias. Enquanto a história se desenrola, selecionamos cinco restaurantes na cidade para apreciar o salgado

Quase um patrimônio nacional, as lojas do Habib's amanheceram ontem com uma placa de "Passa o ponto" na fachada, internautas começaram a questionar se a rede de restaurantes iria fechar. Logo, no entanto, ficou claro que se trata de ação de marketing.

Seu dinheiro está seguro? Aprenda a proteger seu patrimônio

Tudo indica que o desdobramento dos anúncios será revelado ainda nesta semana, e que tratará de uma campanha com influenciadores para divulgar um novo serviço digital do fast-food de comida árabe. Enquanto a revelação não é feita, selecionamos cinco esfiharias em São Paulo para apreciar todas as calorias do salgado.

Almanara

Com 14 filiais, sendo 13 na capital paulista e uma em Campinas, o restaurante tem tradição desde 1950. Seja visitando a primeira unidade do restaurante, que ainda mantém a decoração original, na rua Basílio da Gama, no centro de São Paulo, ou nas unidades dos shoppings, a qualidade do Almanara permanece a mesma. O restaurante oferece esfihas (com massa macia) nas versões aberta e fechada, e nos sabores tradicionais: carne, queijo, ricota, zaatar e verdura. R. Basílio da Gama, 70 - Centro

Kebab Salonu

Chamado de Pide na Turquia, o pão é coberto tradicionalmente com especiarias e sementes. Das mãos do chef Fred Caffarena, a massa oval é servida em quatro sabores: Zahter (queijo fresco çokelek e zaatar caseiro), Biber (muhammra, azeitonas, pasta de pimenta cambuci e melaço de romã), Patlican (pasta de beringela, tomate e pimentão, cebola, uva passa e tahine), e o Mercimek (lentilhas picantes, tahine, especiarias e gergelim). Há ainda a versão fechada, chamada de Kapali Pides, com recheios de falafel, abóbora com queijo, e espinafre queijo e ovo. Rua Heitor Penteado, 699 - Loja 6

Esfiharia Effendi
A história da esfiharia parece roteiro de filme. Um homem armênio é capturado durante a guerra entre Turquia e Armênia, e levado para um campo de concentração. Com habilidade em fazer bons pães, ele é poupado da morte e libertado pelo exército inimigo para fugir. Na nova terra, o patriarca ensina ao filho a arte da cozinha armênia e inauguram uma esfiharia em 1973, em São Paulo. Essa é a história da família Deyrmendjian, que desde então, serve esfihas próxima à Pinacoteca do Estado. Os sabores variam entre os tradicionais, carne, queijo, zaatar, e as especiais, queijo com basturma (carne seca condimentada) e queijo com tomate seco. Rua Dom Antônio de Melo, 77 - Luz

Halim

Batizado com o nome de seu fundador, Halim Sultan, o restaurante no Paraíso tem tradição desde 1973. As esfihas são uma ótima pedida para comer no balcão ou nas mesas. São diversas opções de recheios, como carne, ricota, verdura, zaatar, e massas fechadas e abertas. Além disso, o restaurante oferece a redonda na versão folheada. R. Dr. Rafael de Barros, 56 - Paraíso

Jaber

Também no bairro do Paraíso, o restaurante tem antiga tradição na cidade. Jamil Jaber fundou o restaurante em 1952 após sua chegada do Líbano, produzindo esfihas que hoje são servidas em nove unidades na cidade, e uma em Orlando. Entre os sabores, estão alguns populares no Brasil como Palmito, com cebola e alho poró, Calabresa, com cebola e azeitonas verdes, e Frango com Catupiry, feito com massa folhada. Já as esfihas tradicionais, vale provar a Árabe (carne moída, cebola, coalhada, nozes e pimenta síria) e a Armênia (carne moída, cebola, tomate, pimentão, salsa, hortelã e alho), ambas na versão aberta. R. Domingos de Morais, 86 - Paraíso

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.