Guarda Real faz salva de tiros para comemorar nascimento do novo príncipe

De acordo com a tradição britânica, tropas da Guarda Real fazem disparos quando nasce um novo membro da família real

Londres - A Guarda Real britânica fez uma salva de 103 tiros de canhão em Londres para comemorar o nascimento do sexto bisneto da rainha Elizabeth II, terceiro filho dos duques de Cambridge, que nasceu ontem no hospital St Mary's, no bairro de Paddington da capital do Reino Unido.

Como manda a tradição britânica, quando nasce um novo membro da família real, a Tropa do Rei da Real Artilharia Montada disparara 41 tiros de canhão no Hyde Park de Londres às 13h.

Ao mesmo tempo, a Honorável Companhia de Artilharia disparou outros 62 tiros da Torre de Londres, às margens do rio Tâmisa, para dar as boas-vindas ao filho do príncipe William e sua esposa, Kate Middleton, o quinto posto na linha de sucessão ao trono britânico.

Ainda não se sabe qual é o nome que o casal, pais do príncipe George, de quatro anos, e da princesa Charlotte, de dois, escolheu para o seu terceiro filho. Nas casas de apostas, os mais cotados são Arthur, James, Albert, e Philip.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.