Grupo G é o mais difícil, segundo ranking da Fifa

O critério da Fifa, que definiu as cabeças de chave do Mundial no sorteio realizado nesta sexta-feira na Costa do Sauípe, contradiz a maioria dos comentaristas

Rio de Janeiro - O Grupo G da Copa do Mundo de 2014, que emparelhou Alemanha, Portugal, Gana e Estados Unidos, seria o mais difícil da competição segundo o atual ranking da Fifa, acima de outros que foram considerados como "grupos da morte".

Os pontos das quatro seleções do Grupo G na classificação da Fifa somam 4.358, acima dos 4.191 que têm em conjunto as quatro seleções do Grupo B (Espanha, Holanda, China e Austrália), que seria o segundo mais difícil.

O critério da Fifa, que definiu as cabeças de chave do Mundial no sorteio realizado nesta sexta-feira na Costa do Sauípe, contradiz a maioria dos comentaristas, que apontam o Grupo D, de Itália e Uruguai, e o B, da Espanha e Holanda, como os mais complicados.

O Grupo D, que reúne três campeões mundiais (Itália, Inglaterra e Uruguai) e a Costa Rica, é apontado por muitos como o "grupo da morte", mas seria apenas o terceiro mais difícil de acordo com o ranking da Fifa.

Os pontos somados das quatro seleções do Grupo D chega a 4.031, o que o coloca abaixo dos grupos G e B e na frente do C, que reúne Colômbia, Grécia, Costa do Marfim e Japão, cuja pontuação junta é de 3.811 unidades.

Segundo a classificação da Fifa, o grupo A, que reúne Brasil, Croácia, México e Camarões, seria o quinto mais difícil (3.555 pontos), e o Grupo E, com Suíça, Equador, França e Holanda, o sexto (3.546 pontos).

Pelos pontos somados de suas seleções na classificação da Fifa, o Grupo H, com Bélgica, Argélia, Rússia e Coreia do Sul, é o menos difícil de todos (3.445 pontos), enquanto o F, que emparelhou Argentina com Bósnia, Irã e Nigéria, é o segundo menos difícil (3.546 pontos).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.