• AALR3 R$ 20,15 -0.74
  • AAPL34 R$ 67,35 -0.01
  • ABCB4 R$ 16,54 -0.66
  • ABEV3 R$ 14,00 -0.92
  • AERI3 R$ 3,57 -1.11
  • AESB3 R$ 10,86 2.26
  • AGRO3 R$ 30,93 -0.58
  • ALPA4 R$ 21,43 2.88
  • ALSO3 R$ 19,02 0.05
  • ALUP11 R$ 27,10 -0.77
  • AMAR3 R$ 2,52 5.00
  • AMBP3 R$ 31,00 2.31
  • AMER3 R$ 21,89 -4.33
  • AMZO34 R$ 65,21 2.26
  • ANIM3 R$ 5,47 2.05
  • ARZZ3 R$ 79,20 -0.75
  • ASAI3 R$ 15,65 -1.57
  • AZUL4 R$ 20,07 -3.00
  • B3SA3 R$ 11,89 -1.08
  • BBAS3 R$ 37,43 -0.98
  • AALR3 R$ 20,15 -0.74
  • AAPL34 R$ 67,35 -0.01
  • ABCB4 R$ 16,54 -0.66
  • ABEV3 R$ 14,00 -0.92
  • AERI3 R$ 3,57 -1.11
  • AESB3 R$ 10,86 2.26
  • AGRO3 R$ 30,93 -0.58
  • ALPA4 R$ 21,43 2.88
  • ALSO3 R$ 19,02 0.05
  • ALUP11 R$ 27,10 -0.77
  • AMAR3 R$ 2,52 5.00
  • AMBP3 R$ 31,00 2.31
  • AMER3 R$ 21,89 -4.33
  • AMZO34 R$ 65,21 2.26
  • ANIM3 R$ 5,47 2.05
  • ARZZ3 R$ 79,20 -0.75
  • ASAI3 R$ 15,65 -1.57
  • AZUL4 R$ 20,07 -3.00
  • B3SA3 R$ 11,89 -1.08
  • BBAS3 R$ 37,43 -0.98
Abra sua conta no BTG

Especialistas analisam como positiva volta da Libertadores à Globo

Na TV por assinatura, exibição ficará com Disney/ESPN e Paramount
 (Getty Images/Ricardo Moraes)
(Getty Images/Ricardo Moraes)
Por Da RedaçãoPublicado em 13/05/2022 08:51 | Última atualização em 13/05/2022 10:08Tempo de Leitura: 4 min de leitura

A Globo venceu a concorrência com o SBT e será a emissora oficial dos jogos da Copa Libertadores de 2023 a 2026 na TV aberta. Já a Disney/ESPN e a Paramount ficam com as transmissões para as plataformas pagas.

"A volta pra Globo, sem dúvida, é importante para a visibilidade do produto. Quem mais ganhou nesses dois anos foi o SBT, mas era perceptível no mercado uma tentativa de reconciliação entre Globo e Conmebol. O rompimento dessa relação deixou sequelas dos dois lados", afirma Bruno Maia, executivo de inovação no esporte e CEO da Feel The Match, empresa que produz conteúdos esportivos para streaming.

"A volta desses direitos para a Globo é uma grande conquista não só da emissora, mas principalmente para os clubes e seus respectivos patrocinadores que terão uma visibilidade muito superior aos índices de audiência que vinham sendo atingidos nos últimos anos. Ganha a competição, os clubes, as marcas e claro o telespectador", corrobora Bernardo Pontes, especialista em marketing esportivo e sócio da BP Sports.

O canal de Silvio Santos, que transmite em 2022 pela última vez a principal disputa da América, não ficou de mãos atadas e terá direito a pelo menos 13 jogos da Copa Sul-Americana.

Nas TVs por assinatura, Disney e Paramount também poderão exibir aquela que é considerada a segunda competição mais importante do continente. A Disney/ESPN terá a prioridade na escolhas dos jogos.

Uma quarta empresa também foi escolhida para transmitir o pacote de clipes e melhores momentos, no caso o aplicativo OneFootball, que vai exibir os lances em tempo real com prioridade em detrimento às outras mídias sociais.

"É uma nova era, a briga pela audiência está cada vez mais acirrada, trazendo novos players e a necessidade cada vez maior da melhoria na experiência do telespectador; seja nas imagens, nas interações ou até mesmo na leitura de como prender a atenção no outro lado da tela na briga pela segunda e até terceira tela", explica Renê Salviano, CEO da agência de marketing esportivo Heatmap, empresa que faz a captação de patrocínios junto aos clubes, entidades e atletas.

"Vejo com naturalidade a volta para a Globo, já que a Copa Libertadores sempre teve um grande destaque e relevância na emissora, em função de ser a principal competição sul-americana e das grandes audiências que o torneio sempre proporcionou. Houve um momento delicado, de desentendimento entre a Globo e Conmebol, mas essa retomada mostra que o atrito ficou para trás", conclui Fabio Wolff, diretor da agência de marketing esportivo Wolff Sports.

LEIA TAMBÉM:

Confira nota divulgada pela Rede Globo:

"A TV Globo recebeu a confirmação da Conmebol de que foi a emissora escolhida para exibir a Libertadores, em acordo válido por quatro anos, de 2023 a 2026, com exclusividade na TV aberta no Brasil. Para nós, é uma grande satisfação celebrar novamente esta parceria. Construímos uma relação de quase três décadas com a Conmebol, exibindo a Libertadores desde 1993, e acreditamos que ajudamos a consolidar o sucesso da competição no Brasil, através de um alcance único e de uma alta qualidade reconhecida pelo público, não apenas na transmissão mas também na cobertura da competição."

Confira nota divulgada pelo SBT:

"Recebemos nesta tarde, dia 12 de maio, a informação de que a proposta do SBT saiu vencedora do processo de negociação dos direitos do torneio que estava fora da televisão aberta há anos. A Copa Sul-Americana foi totalmente reformulada para esse próximo ciclo, se tornando mais atrativa, tanto para os clubes que disputam o torneio, dentre eles várias equipes brasileiras de grande história e torcida, quanto para os patrocinadores e fãs do futebol. Faremos esse campeonato mudar de patamar!

Quanto à Copa Conmebol Libertadores, aproveitamos para agradecer pela oportunidade de estarmos realizando sua transmissão até o final deste ano, com alta qualidade, tendo assumido esse direito num momento delicado para a Conmebol, na certeza de que trabalhamos incansavelmente para sua valorização, o que certamente permitiu o aprimoramento da concorrência para esse próximo ciclo.

Aproveitamos para reforçar nossa crença na relação que temos construído com a Conmebol e seus executivos que realizam um trabalho sério e profissional à frente desta tão importante entidade. Seguiremos com nossa atitude sempre transparente e ética nessa relação, e com a mesma disposição de continuar trabalhando para a valorização do futebol, que é a grande paixão nacional. Agradecemos também a agência FCDiez que vem gerenciando a execução dos direitos de forma igualmente profissional."

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.