A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Em meio a crise de Covid-19, Roland Garros é adiado

O Grand Slam no saibro, que no ano passado foi adiado em quatro meses e transcorreu diante de plateias limitadas, será adiado para 30 de maio

O torneio de Roland Garros deste ano foi adiado em uma semana devido à pandemia de Covid-19 e começará em 30 de maio, informou a Federação Francesa de Tênis (FFT) nesta quinta-feira.

Seu dinheiro está seguro? Aprenda a proteger seu patrimônio

O Grand Slam no saibro, que no ano passado foi adiado em quatro meses e transcorreu diante de plateias limitadas, terminará no dia 13 de junho, duas semanas antes do começo planejado de Wimbledon. O Grand Slam na grama disse que não mudará suas datas ao saber da decisão do Aberto da França, que apoiou.

"Esta decisão foi debatida com a Diretoria de Grand Slams, e, dadas as circunstâncias excepcionais, tem todo o apoio do Aberto da Austrália, de Wimbledon e do Aberto dos Estados Unidos", disse Wimbledon em um comunicado.

Com o adiamento, torneios de grama programados para começar em 7 de junho em s'Hertogenbosch (WTA e ATP), Stuttgart (ATP) e Nottingham (WTA) devem coincidir com a segunda semana de Roland Garros.

O presidente da FFT, Gilles Moreton, disse que a entidade tomou a decisão depois de consultar as autoridades públicas, os organismos que governam o tênis internacional e seus parceiros e transmissores.

A entidade espera que o adiamento permita o acolhimento de mais torcedores nas dependências do que em 2020, quando só mil pessoas por dia podiam acompanhar partidas. "Para os torcedores, os jogadores e o clima, a presença de espectadores é vital para nosso torneio, o evento esportivo internacional mais importante da primavera."

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também