Casual

Dona Florinda critica fim da exibição de Chaves: "É uma agressão conosco"

Viúva do criador e protagonista da produção, Roberto Bolaños, Florinda Meza criticou os "executivos" envolvidos na decisão

Roberto Bolaños, como Chaves: "Que bom que meu Rober não está neste mundo", comentou Florinda, se referindo a Bolaños, que morreu em 2014 (Chaves/Divulgação)

Roberto Bolaños, como Chaves: "Que bom que meu Rober não está neste mundo", comentou Florinda, se referindo a Bolaños, que morreu em 2014 (Chaves/Divulgação)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 3 de agosto de 2020 às 16h59.

Última atualização em 3 de agosto de 2020 às 18h46.

Intérprete da Dona Florinda, Florinda Meza publicou um desabafo no sábado, 1º, lamentando o fim da transmissão do programa Chaves nas televisões em toda a América Latina. Viúva do criador e protagonista da produção, Roberto Bolaños, ela criticou os "executivos" envolvidos na decisão.

Florinda revelou que não foi chamada para participar das negociações entre os filhos de Bolaños e o canal mexicano Televisa, que não chegaram a um acordo, resultando na saída do ar de Chaves em 1º de agosto.

"Creio que justo agora, quando o mundo mais precisa de diversão, fazer isso é uma agressão conosco", opinou a atriz.

"Que bom que meu Rober não está neste mundo", comentou Florinda, se referindo a Bolaños, que morreu em 2014. Ela destacou que os programas do ator fazem parte do "DNA dos latinos", e que a decisão seria "pouco inteligente". "É triste comprovar como que em sua própria casa, para quem você deu milhões, é onde menos te valorizam", desabafou.

Após o anúncio de que o SBT não poderia mais exibir o programa, junto com Chapolin e Chespirito, foi criado um abaixo-assinado pedindo o retorno das produções. Já com 27.000 assinaturas, o pedido é que a exibição retome em toda a América Latina, não apenas no Brasil.

Acompanhe tudo sobre:América LatinaComédiasMéxicoSBTSériesTelevisão

Mais de Casual

Smorgasburg: maior festival de comida de rua tem ingressos gratuitos

O segredo que a GM guarda e que deve mexer no mercado de carros no Brasil

Mansão de R$ 19 milhões em SC tem vista de tirar o fôlego; amplie fotos

Secretos, mas nem tanto: conheça bons bares estilo speakeasy em São Paulo

Mais na Exame