Delivery de churrasco: aposta de restaurantes que veio para ficar

Conheça casas de carnes de São Paulo que continuam a investir na tendência — mesmo com o sinal verde para a retomada do atendimento presencial

Os restaurantes paulistanos, aqueles que não se viram obrigados a fechar em definitivo com a quarentena, voltaram a receber clientes em seus salões. Mas com horários reduzidos e limitação de mesas, entre outras medidas para ajudar a frear a disseminação do novo coronavírus. E ainda há o receio que muita gente tem, com toda razão, de sair de casa para almoçar ou jantar. Por essas e por outras, deve demorar um bocado para os restaurantes voltarem a faturar o mesmo que antes da pandemia. Daí a importância de seguir apostando no delivery. Para churrascarias e casas de carnes, portanto, a entrega de cortes grelhados parece ter vindo para ficar.

A rede Corrientes 348, que pertence a Jair Coser, cofundador da Fogo de Chão, aderiu à tendência em maio. De sua unidade na Vila Olímpia, em São Paulo, a cadeia especializada em grelhados à moda argentina passou a despachar pedidas como bife ancho (152 reais) e de chorizo (102 reais). Os cortes, que podem saciar duas pessoas, viajam em embalagens vedadas e costumam ser entregues em temperatura aceitável — é só não demorar para sentar para comer. Opções de acompanhamento: farofa com ovos (34 reais) e polenta com queijo (49 reais). De entrada o restaurante expede, por exemplo, suas afamadas empanadas (12 reais cada); de sobremesa, panqueca de doce de leite com sorvete de creme (38 reais). Também é possível retirar os pedidos na unidade da Vila Olímpia, já reaberta, assim com outras filiais da rede.

Bife de Chorizo, do Corrientes 348 Bife de Chorizo, do Corrientes 348
Bife de Chorizo

Bife de Chorizo, do Corrientes 348
Bife de Chorizo (Wellington Nemeth/Divulgação)

Outro grupo que voltou a receber clientes, mas não aposentou o delivery, é o Pobre Juan. Para duas pessoas, a rede entrega cortes como fraldinha (144,90 reais), bife ancho (160,40 reais) e de chorizo (152 reais), todos com direito a dois acompanhamentos, a exemplo do arroz biro-biro e da panelinha de vegetais. Para abrir o apetite as croquetas de jamón (20,90 reais) são uma ótima escolha, assim como a porção de mini-empanadas (24,90 reais). Os churros com doce de leite (19,80 reais) e a torta de chocolate (22 reais) fecham a refeição à altura. De olho em quem segue em regime de home-office, o restaurante criou combos de almoço que partem de 37,90 reais. O que inclui galeto desossado, salada da casa, risoto de abóbora com gorgonzola e churros com doce de leite custa 50 reais.

Carne do restaurante Pobre Juan Carne do restaurante Pobre Juan

Carne do restaurante Pobre Juan (Pobre Juan/Divulgação)

Do Cór, cujo cardápio é assinado pelo assador peruano Renzo Garibaldi, é possível solicitar a entrega da bisteca dry-aged com quarenta dias de maturação acompanhada de arroz biro biro e farofa de ovos com bacon (125 reais). Outras sugestões do restaurante no Alto de Pinheiros, mais um que retomou o atendimento presencial e também aposta do take-away: bife de chorizo (79 reais), fraldinha (79 reais), filé-mignon (68 reais) e bife ancho (89 reais), todos com os mesmos acompanhamentos da bisteca.

Fraldinha, do Cór Fraldinha, do Cór

Fraldinha, do Cór (Cór/Divulgação)

Misto de restaurante e açougue refinado, o Feed, no Itaim, entrega aperitivos como linguiça na brasa (52,90 reais), pão de alho (27,90 reais) e dadinhos de tapioca com geleia de pimenta (27,90 reais). Para compartilhar com duas ou três pessoas, uma boa escolha é a tábua que reúne fraldinha, bife de chorizo e picanha e mais três acompanhamentos à escolha, caso da farofa de bacon com ovos (239,90 reais). Do Barbacoa, mais um endereço que reabriu seus salões, dá para pedir desde a porção de pão de queijo (25 reais), um clássico da churrascaria, até a incensada costela (115 reais).

Fotos pratos Feed em 31/10/2017. Fotos: Tricia Vieira

Fotos pratos Feed em 31/10/2017. Fotos: Tricia Vieira (Tricia Vieira/Divulgação)

Os restaurantes que apostam na tendência

Feed Açougue — Rua Mario Ferraz, 547, Itaim Bibi, São Paulo. Tel. (11) 5627-4700/99290-2708. Aplicativos de delivery: iFood/UberEats/Rappi

Corrientes 348 — Rua Comendador Miguel Calfat, 348, Vila Olímpia, São Paulo. Tel. (11) 96642-4986. Aplicativo de delivery: Rappi.

Pobre Juan — Rua Comendador Miguel Calfat, 525, Vila Olímpia, São Paulo. Tel. (11) 2397-0099/98349-3399. Aplicativo de delivery: iFood

Cór — Praça São Marcos, 825, Alto de Pinheiros, São Paulo. Tel. (11) 3726-2908. Aplicativo de delivery: iFood

Barbacoa — Rua Dr. Renato Paes de Barros, 65, Itaim, São Paulo. Tel. (11) 3168-5522. Aplicativo de delivery: iFood

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.