Casual

Curitiba estreia cinema drive-in hoje (11); paulistanos ganham um dia 17

Curitiba ganha Planeta Drive-In, enquanto São Paulo abre em 17 de junho o Belas Artes Drive-In, no Memorial da América Latina

Projeto do Planeta Drive-In, em Curitiba: estreia de tela a céu aberto hoje (11) (Planeta Drive-In/Divulgação)

Projeto do Planeta Drive-In, em Curitiba: estreia de tela a céu aberto hoje (11) (Planeta Drive-In/Divulgação)

Guilherme Dearo

Guilherme Dearo

Publicado em 11 de junho de 2020 às 07h00.

Com a quarentena imposta pela pandemia do novo coronavírus, qualquer tipo de ambiente fechado com grande aglomeração de pessoas é inviável. Assim, salas de cinema, teatros, casas de shows e museus estão fechados desde a metade de março. Diante desse cenário, uma alternativa aos cinemas tradicionais está voltando a ganhar popularidade: os cinemas drive-in, onde os espectadores veem o filme de seus carros, não lado a lado em poltronas. Muito populares nos Estados Unidos nos anos 1950 a 1970, a alternativa evita proximidade e contato entre pessoas desconhecidas e, com restrições e normas de segurança, pode ser uma alternativa segura para quem está com saudade da sala de cinema.

Hoje (11), os curitibanos ganham o Planeta Drive-In, instalado a céu aberto na Pedreira Paulo Leminski. Com capacidade para 150 carros, o drive-in terá curadoria de filmes da rede Cineplus. O espaço tem um painel de led de 16 metros de largura para exibir os filmes, totalizando 144 metros quadrados de tela e resolução 4K. A inauguração do espaço às 16h contará com a exibição do filme “Sonic”, produção da Paramount estrela por Jim Carrey e Ben Schwartz. Também nessa quinta-feira, outras sessões exibirão “Coringa” e “Era Uma Vez em Hollywood”, filmes ganhadores do Oscar no começo desse ano. Nos próximos dias, a programação terá filmes como “Doolittle”, com Robert Downey Jr., e “Casal Improvável”, com Charlize Theron e Seth Rogen. Os ingressos, comprados com antecedência, custam R$100 por carro.

Em São Paulo, o Memorial da América Latina ganhará em 17 de junho o seu cinema drive-in. O cinema Petra Belas Artes, com apoio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado, criou o Belas Artes Drive-In. Para manter as regras do Centro de Contingência do Coronavírus, serão permitidas apenas quatro pessoas por carro, uso obrigatório de máscaras durante as sessões, compra antecipada pela internet, não pessoalmente, e distância entre os carros de no mínimo 1,5 metro.

No primeiro mês, o  Belas Artes Drive-In exibirá 27 filmes em 43 sessões, de terça a domingo. Entre os filmes, estarão “Os Melhores Anos de uma Vida”, de Claude Lelouch, “Tel Aviv em Chamas”, de Sameh Zoabi, e a nova versão do clássico de Francis Ford Coppola, “Apocalipse Now – Final Cut”. Também serão exibidos “Laranja Mecânica”, “O Iluminado”, “2001 – Uma Odisseia no Espaço”, “De Olhos Bem Fechados”, “Nascido para Matar”, “Lolita”, “A Vida é Bela”, “Relatos Selvagens”, “Kill Bill – vol I e II”, “Pulp Fiction: Tempo de Violência”, “Cinema Paradiso”, “Mad Max: Estrada da Fúria”, “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” e “Matrix”. O ingresso custará R$46 por pessoa (inteira) e R$65 (promoção para carros com quatro pessoas).

Acompanhe tudo sobre:CinemaCoronavírusCuritibaFilmessao-paulo

Mais de Casual

Mansão de R$ 19 milhões em SC tem vista de tirar o fôlego; amplie fotos

Secretos, mas nem tanto: conheça bons bares estilo speakeasy em São Paulo

O que a Hering leva para o casamento com o Grupo Azzas 2154

Trem do Pampa: novo passeio no RS oferece paisagens deslumbrantes e degustação de vinho

Mais na Exame