Craque de Barcelona e Real Madrid, ex-jogador Figo ganha documentário na Netflix

Produção será lançada no próximo quinta-feira, 25, e vai abordar justamente a polêmica transferência entre os rivais espanhóis
Transferência entre clubes será tema central do documentário (Netflix/Reprodução)
Transferência entre clubes será tema central do documentário (Netflix/Reprodução)
D
Da RedaçãoPublicado em 19/08/2022 às 09:28.

Considerado um dos grandes jogadores dos anos 90 e 2000, o ex-jogador Luís Figo vai ganhar uma série documental no Netflix, que será lançada no dia 25 deste mês, para contar justamente a polêmica transferência do Barcelona para o rival Real Madrid.

VEJA TAMBÉM

"O Caso Figo: A Transferência que Mudou o Futebol", explica uma das transações mais polêmicas da história do futebol, com relatos do próprio português e também de personagens importantes da história dos dois clubes, como Joan Gaspart, presidente do Barcelona à época, e Florentino Pérez, atual presidente do Real Madrid e que também era mandatário merengue naquela negociação.

"Muita gente falou sem saber nada sobre a transferência, mas a história verdadeira, quem tem sou eu, porque eu sou o protagonista", disse Figo.

Com mais de 30 horas de produção, a narrativa detalha os cinco anos de auge que Figo viveu no Barcelona até a transferência para o rival Real Madrid, onde ficou mais cinco anos. A equipe madrilenha, na ocasião, resolveu pagar a milionária cláusula de rescisão do craque português.

Com mais de 20 anos de carreira e passagens também por Sporting-POR e Internazionale-ITA, ele se aposentou em maio de 2009. Representou a Seleção Portuguesa em 127 partidas e só fica atrás de Cristiano Ronaldo em número de jogos.

Eleito melhor jogador do mundo pela FIFA em 2001 - havia ficado em terceiro no ano anterior - ele se junta a outros craques do futebol mundial ao ganhar uma série, como Neymar, Cristiano Ronaldo, Romário, Maradona, Simeone, Roberto Baggio, Ronaldinho Gaúcho, Adriano Imperador, entre outros.

Entre as plataformas que estão investindo pesado e que buscam trazer conteúdos originais voltados para o esporte, encontra-se a HBO MAX, que deve lançar nos próximos meses a série dividida em seis episódios, com direção de Bruno Maia, e que mergulha pela história de vida do ex-atacante. Para Maia, os conteúdos originais esportivos vieram para ficar.

Bruno Maia, CEO da Feel The Match e especialista em inovação e novas tecnologias do esporte, é atualmente um das principais referências e um dos maiores defensores dos chamados conteúdos 'originais'.

Ele é diretor e produtor da série 'Romário, O Cara', que deve ser lançada nos próximos meses pela HBO Max, e participou recentemente de toda a produção da série 'Nos Armários do Vestiário', lançada pelo Globoplay/GE em conjunto com a empresa Feel The Match, que conta histórias e traz depoimentos de ex-atletas, juízes e profissionais sobre homofobia e preconceito no esporte.

"Não é mais tendência, e sim realidade. Basta ver a enormidade de grupos de mídia e comunicação de todo o planeta lançando plataformas próprias no mercado, aumentando a competitividade e a demanda por conteúdo original. Estamos falando para uma geração de consumidores que consomem conteúdos na hora e local em que quiserem, e o interesse por produções que contem histórias e bastidores é cada vez maior. O lançamento de filmes e documentários envolvendo grandes atletas como marcas maiores do que seus próprios times mudam o cenário do mercado", afirma o executivo.

"A Feel The Match surgiu mais ou menos com essa ideia. Com a chegada do streaming, uma diversidade maior e o fracionamento da atenção, vivemos um período em que os nichos são cada vez mais fortes. Isso traz ao público uma personalização muito grande na forma de consumo daquilo do que você quer ver, quando e onde bem entender", completa Maia.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos pra você aproveitar seu tempo livre com qualidade