Conheça hotéis de luxo pensados para quem faz (ou quer fazer) kitesurf no Ceará

Com bangalôs de frente para a praia e aulas de esporte, empreendimentos até dispensam televisão para destacar a natureza
Casana é hotel boutique com apenas sete bangalôs em frente à praia (Casana/Divulgação)
Casana é hotel boutique com apenas sete bangalôs em frente à praia (Casana/Divulgação)
G
Gabriel AguiarPublicado em 31/08/2022 às 10:00.

Quem disse que viagens de luxo se limitam ao descanso na praia? Para quem não dispensa esportes – mas também gosta de mimos –, o Ceará é considerado uma das melhores opções: apelidado como “terra do vento”, o litoral do estado é destino para praticantes de kitesurf, principalmente durante o mês de setembro (ainda que a temporada dure até janeiro). E não faltam opções para aproveitar.

VEJA TAMBÉM

Para quem prefere exclusividade, o hotel boutique Casana tem apenas sete bangalôs em plena praia do Preá, com vista do mar. Não bastassem os 10.000 m² de área preservada, o empreendimento foi estrategicamente construindo em uma zona de ventos constantes e até oferece aulas de kitesurf em parceria com a agência Duetone. Com pensão completa e lavanderia, a diária parte de 6.295 reais.

Rancho do Peixe

Rancho do Peixe oferece pacotes de aulas por até 1.200 reais (Rancho do Peixe/Divulgação)

Já a proposta do Rancho do Peixe, também na praia do Preá, é ainda mais focada para os praticantes do esporte: há opções de locações de equipamentos, aulas e coaching, com pacotes individuais para quatro horas individuais por 1.200 reais. Por sua vez, os bangalôs (que foram criados para aproveitar a luz natural e também a ventilação) custam a partir de 1.200 reais com o café da manhã incluído.

Jaguaríndia Village

Jaguaríndia Village tem bangalôs com piscina privativa e cardápio feito por chef com estrela Michelin (Jaguaríndia Village/Divulgação)

Por sua vez, o Jaguaríndia Village é considerado o primeiro hotel da costa leste cearense com padrão internacional – a inauguração foi em dezembro de 2021. Com 50.000 m² de área, o empreendimento oferece 30 acomodações, além de spa, gastronomia com consultoria do chef francês Emmanuel Ruz – estrelado Michelin – e escola de kitesurf. Os bangalôs com piscina privativa saem a 2.900 reais.

No município de Fortim, a 134 km da capital Fortaleza, o Jaguaribe Lodge oferece apenas 23 bagalôs e dispensa a televisão das acomodações para dar destaque às vistas naturais (que podem ser do mar ou do jardim). Com aulas de kitesurf por 435 reais, já com equipamento incluído, o hotel aproveita a localização entre rio e mar para a prática do esporte. Para casal, as diárias partem dos 1.430 reais.

Jaguaribe Lodge

Jaguaribe Lodge está na junção de mar e rio, em posição privilegiada (Jaguaribe Lodge/Divulgação)

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.