Casual
Acompanhe:

Casal de artistas teria deixado UFC por presença de Bolsonaro

Ao saberem da presença do deputado federal, os artistas Bruno Gagliasso e Giovana Ewbanc teriam deixado o evento e voltado para casa

 (Luis Macedo/Câmara dos Deputados/Reprodução)

(Luis Macedo/Câmara dos Deputados/Reprodução)

M
Maurício Grego

5 de junho de 2017, 11h10

São Paulo – O casal de atores globais Bruno Gagliasso e Giovana Ewbanc foi assistir ao vivo no UFC 212 do último sábado (3). Porém, ao saberem da presença do deputado Jair Bolsonaro, os artistas teriam deixado o evento e voltado para casa.

A sequência de eventos foi indicada pelo ator em seus posts no Twitter. Por volta das 23h, Gagliasso postou uma foto de uma visão privilegiada do ringue, alegando que estava “bem perto para passar bastante energia positiva pros [sic] brasileiros”. Exatamente meia-hora depois, no entanto, o ator se manifestou sobre estar chegando em casa.

Por último, Gagliasso concluiu: “já nos meus aposentos, na frente da TV, e bem longe do Bolsonaro”.

https://twitter.com/brunogagliasso/status/871200501911748608?ref_src=twsrc%5Etfw&ref_url=http%3A%2F%2Femais.estadao.com.br%2Fnoticias%2Fgente%2Cbruno-gagliasso-e-giovanna-ewbank-teriam-deixado-ufc-por-causa-de-bolsonaro%2C70001826007
O deputado federal confirmou que estava na luta por meio de um vídeo publicado na rede social, mas foi seu filho, o deputado estadual Flávio Bolsonaro, quem saiu em sua defesa na rede. “Ao invés de ser infantil, Bruno Gagliasso poderia procurar saber pq cd vez mais brasileiros admiram Jair Bolsonaro”, criticou.