Bia Haddad vai à final do WTA 1000 no Canadá; veja onde assistir ao vivo

Bia Haddad disputará final histórica do WTA 1000 de Toronto contra a romena Simona Halep neste domingo, 14
Bia Haddad: brasileira já subiu ao menos para 16ª posição no ranking mundial com resultado em Toronto (Twitter CBT/Reprodução)
Bia Haddad: brasileira já subiu ao menos para 16ª posição no ranking mundial com resultado em Toronto (Twitter CBT/Reprodução)
D
Da redação, com agências

Publicado em 14/08/2022 às 11:10.

Última atualização em 14/08/2022 às 11:12.

A tenista brasileira Bia Haddad garantiu presença na final do WTA 1000 de Toronto, no Canadá, após derrotar a tcheca Karolína Plíšková por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 7/6 (9-7), na noite de sábado, 13.

Assine a EXAME e tenha acesso ilimitado às principais notícias do Brasil e do mundo.

Agora, a paulista de 26 anos disputará a decisão da competição contra a romena Simona Halep neste domingo, 14.

A romena busca sua 10ª conquista do WTA 1000, enquanto Bia Haddad tenta seu primeiro título da competição. O título concede prêmio de cerca de R$ 2,5 milhões, além de pontuação importante no ranking mundial de tenistas.

Onde assistir final de Bia Haddad

A final entre Bia Haddad e Simona Halep acontece a partir das 14h30, horário de Brasília.

A transmissão acontece com exclusividade nos canais do Grupo Disney, pela televisão e streaming:

  • Na TV, no canal ESPN 2;
  • No streaming, no Start+.

Brasileira sobe no ranking

Mesmo que não saia vitoriosa da disputa, Bia Haddad já garantiu um salto no ranking da Associação Internacional de Tênis Feminino (WTA, sigla em inglês).

Bia, que na última segunda, 8, alcançou a 24ª posição do ranking, subirá para a 16ª posição se for vice em Toronto e alcançará a 14ª posição em caso de conquista.

 

Campanha histórica de Bia Haddad

Na competição em Toronto, a paulista faz uma campanha histórica.

  • Primeiro, derrotou a polonesa Iga Swiatek, atual número 1 do mundo, nas oitavas de final;
  • Depois, bateu a suíça Belinda Bencic, atual campeã da modalidade nos Jogos Olímpicos, nas quartas;
  • Por fim, venceu a experiente tcheca Karolína Plíšková na semifinal.

Neste ano Bia já faturou os dois principais títulos da carreira (os WTA 250 de Nottingham e Birmingham, ambos na Inglaterra), além de ser campeã no WTA 125 de Saint Malo (França). Mas, se vencer neste domingo em Toronto, ganhará seu primeiro WTA 1000.

Já nas duplas a brasileira começou o ano levando o título no WTA 500 de Sidney (Austrália), ao lado da cazaque Anna Danilina.

Em junho, além do título de simples levantou o troféu de duplas no WTA 250 de Nottingham, desta vez em parceria com a chinesa Shuai Zhang.

(Com Agência Brasil)

Assine a EXAME e tenha acesso ilimitado às principais notícias do Brasil e do mundo.