Casual

Bar flutuante da Heineken no rio Pinheiros abre ao público; veja como conseguir ingressos

Floating Bar vai funcionar até 29 de outubro, de sexta a domingo, e propõe uma reflexão sobre o uso do rio

Floating Bar: espaço provoca reflexão sobre como usamos o rio Pinheiros. (Helena Yoshioka/Divulgação)

Floating Bar: espaço provoca reflexão sobre como usamos o rio Pinheiros. (Helena Yoshioka/Divulgação)

Gilson Garrett Jr.
Gilson Garrett Jr.

Repórter de Casual

Publicado em 30 de setembro de 2023 às 00h24.

A partir deste sábado, 30, começa a funciona o bar flutuante temporário da Heineken dentro do rio Pinheiros, em São Paulo. Os ingressos para este primeiro fim de semana já estão esgotados. O Floating Bar vai funcionar até o dia 29 de outubro, sempre de sexta a domingo. O ingresso de acesso é gratuito, mas controlado por agendamento, feito por meio de um site do bar.

As vagas para o próximo fim de semana vão estar disponíveis na quarta-feira, 4 de outubro, a partir das 17h. Filas de espera também podem ocorrer, dependendo da capacidade de atendimento no dia, no horário e no local, que pode receber até 100 pessoas por vez.

O rio Pinheiros não foi escolhido de maneira aleatória pela cervejaria para montar o bar. O objetivo da Heineken é chamar a atenção da população para as condições do rio, um dos mais importantes da capital a paulista e poluído há décadas.

Maurício Giamellaro, CEO da Heineken, conta que a ideia surgiu -- dele -- há cerca de um ano e fica dentro da plataforma da cervejaria chamada de Green Your City. "O nosso objetivo central é provocar o paulistano a repensar no uso do rio e também ajudar. Toda a receita gerada com a venda de bebidas e de comidas no bar vai ser revertida para a SOS Mata Atlântica, nossa parceria", explica. A expectativa é arrecadar cerca de R$ 1 milhão.

Como chegar

O acesso ao bar é feito pela via expressa da Marginal Pinheiros, no Parque Bruno Covas, sentido Interlagos, em frente ao shopping Cidade Jardim. A estrutura de 400 metros quadrados fica do lado da ciclovia -- que não será fechada -- e foi elaborada pela Atenas, agência responsável pelo planejamento, criação e execução da plataforma de cultura e sustentabilidade da marca Heineken no Brasil.

Do lado da entrada do Parque Bruno Covas, tem uma estrutura para recepcionar as pessoas. O acesso ao outro lado para pessoas com mobilidade reduzida é feita com carros elétricos -- que usam uma passagem já existente da Usina São Paulo. Há também uma passarela flutuante.

No cardápio de bebidas está, claro, o chope Heineken, na versão normal (por R$ 15) ou sem álcool (R$ 12). O bar conta ainda com a parceria do bartender Alê D'Agostino, que criou uma carta de drinques especiais com cerveja Heineken. Para comer, petiscos, com preços que variam de R$ 29 a R$ 67.

Revitalização do Pinheiros

A Heineken é uma das patrocinadoras de diversos projetos de revitalização do rio Pinheiros. Pelo acordo, a marca participa e colabora com as iniciativas de revitalização do rio e seu entorno como a construção das ciclovias e todas as frentes que integram o projeto. A marca estará presente com sinalizações ao longo de todo o parque, e terá um calendário de eventos e ativações, sendo o Floating Bar o primeiro deles.

Serviço

Floating Bar
Localização: Parque Bruno Covas
Funcionamento: Sexta a domingo - das 17h às 23h
Período: 30/09 a 29/10
Agendamento: disponível por meio do site.

Acompanhe tudo sobre:HeinekenBaressao-paulo

Mais de Casual

GM vai investir R$ 1,2 bilhão em fábrica de Gravataí (RS) para produzir novo carro

Museu do Futebol reabre com espaço a Pelé e ao futebol feminino

Svalinn, os cães militares que custam R$ 800 mil e viraram símbolo de 'status'

Estes são os cinco perfumes mais caros já fabricados

Mais na Exame