Avião Beluga: veja cinco curiosidades sobre o cargueiro que fez sua primeira viagem ao Brasil

Avião volta à França nesta terça, após entregar helicóptero de luxo a cliente brasileiro
Beluga: O A300-600ST aterrissou na pista do Aeroporto Internacional de Fortaleza, no último domingo (Fabian Sommer/Getty Images)
Beluga: O A300-600ST aterrissou na pista do Aeroporto Internacional de Fortaleza, no último domingo (Fabian Sommer/Getty Images)
A
Agência O Globo

Publicado em 26/07/2022 às 11:23.

Última atualização em 26/07/2022 às 11:25.

Com formato inspirado nas baleias beluga, o avião Beluga ST, da Airbus fez seu primeiro pouso em um aeroporto brasileiro no fim de semana. O A300-600ST aterrissou na pista do Aeroporto Internacional de Fortaleza, no domingo, trazendo um helicóptero de luxo modelo ACH160.

Da capital cearense, ele seguiu para Campinas, onde descarregou o helicóptero encomendado por um cliente brasileiro. Nesta terça-feira, o avião faz o trajeto de volta à França.

Considerado um dos maiores aviões de carga do mundo em volume transportado, o Beluga desperta a curiosidade por onde passa. Veja abaixo cinco curiosidades da aeronave:

Maior que a baleia azul

Além do formato, que se assemelha ao de uma baleia, o Beluga chama atenção pelo porte. Tem tem 17,25 metros de altura, 56,16 metros de comprimento e 44,84 m de abertura de asa. É quase o dobro do tamanho de uma baleia azul, o maior mamífero vivo da Terra, cujo tamanho fica entre 24 e 30 metros.

Raro no mundo

Existem apenas cinco unidades do Beluga ST no mundo, dos quais dois estão "aposentados". Estão estacionados no aeroporto de Bordeaux-Mérignac, no sudoeste da França. Há mais três unidades em operação de sua nova versão, o chamado Beluga XL (um pouco diferente da aeronave que pousou no Brasil). A Airbus tem encomendas de mais três Beluga XL, que devem ser feitas até o fim de 2023, segundo o site especializado em aviação Aero Key.

Frente móvel

Diferentemente de muitos cargueiros, o Beluga tem a frente móvel. A cabine de comando foi rebaixada para ficar mais próxima do solo e dar mais espaço na parte superior para a carga. O carregamento é feito pela "testa" do avião.

Tripulação

O Airbus A300-600ST é operado por uma tripulação de três membros, composta por dois pilotos e um mestre de carga. O painel de instrumentos principal tem seis visores de tubo de raios catódicos (CRT), que fornecem informações sobre voo, navegação e monitoramento de sistemas.

Transporte comercial

Até o início de 2022, o Beluga era usado pela Airbus apenas para transportar peças que a própria fabricante usava para produzir suas aeronaves. O serviço de transporte comercial passou a ser oferecido em janeiro deste ano

Veja também:

Candidatos podem sofrer ações por atos ocorridos em pré-campanha

O artista brasileiro Gabriel Wickbold abre galeria em Londres