Casual
Acompanhe:

As 5 regras de etiqueta do Clubhouse: o que pode e o que não se deve fazer na rede social

O publicitário e expert do mundo digital Marcelo Tripoli dá o tom de como se comportar na rede social

 (Thomas Trutschel/Photothek/Getty Images)

(Thomas Trutschel/Photothek/Getty Images)

J
Julia Storch

11 de fevereiro de 2021, 17h36

Se tem algo que Marcelo Tripoli entende (e muito) é sobre o comportamento no universo digital. Ex-vice-presidente e sócio-associado da consultoria McKinsey, Tripoli fundou no final do ano passado a Zmes, agência de marketing digital. Usuário da rede social que é a febre do momento, o Clubhouse, o publicitário conversou com a Casual sobre como se portar ao ingressar nas salas da rede.

Seu dinheiro está seguro? Aprenda a proteger seu patrimônio

1. Preste atenção ao redor

“Ontem participei de um debate no Clubhouse, e um ponto que me chamou a atenção foi o som de fundo. Se você for falar, preste atenção se sua televisão está sem som, se os sons da rua não estão atrapalhando o áudio ou se não há pessoas falando ao seu redor. É importante que, quando você não estiver falando, seu microfone esteja mudo, para não atrapalhar os outros participantes.”

2. Fale e escute

“Respire um pouco e dê uma pausa nas conversas. Não é legal falar por cima das outras pessoas. Se você está como speaker, preste atenção se não está dominando a conversa e dê a voz para outros participantes. Se você está na sala como ouvinte e quer se manifestar, levante as mãos e peça a fala.”

3. O papel do moderador

“É interessante que as salas com muitos participantes tenham um moderador. Esse âncora é fundamental para que os participantes não se estendam em suas falas (acredito que um minuto de fala por pessoa seja o ideal), para que haja uma dinâmica de interação, trazendo pessoas que ainda não se manifestaram para o centro da conversa.”

4. Seus convidados, sua responsabilidade

“Existem dois modos de entrar para a rede social. O primeiro é esperar que a rede aceite o seu pedido. O segundo é que algum dos seus contatos do telefone, que já esteja na rede social, te aceite. Cada pessoa que integra o Clubhouse recebe dois convites para aceitar outros usuários. Quando você convida alguém, seu nome fica atrelado a essa pessoa, e isso tem tanto um lado positivo, quanto negativo. Se você convida pessoas interessantes e que agregam na rede social, seu nome fica visado, o que pode aumentar o seu networking. Agora, se o seu convidado violar as regras de uso da rede social e for banido, você também será removido. Então, preste atenção em quem você convida.”

5. Lembre-se de onde você está

“O aplicativo utiliza de ferramentas que transcrevem as conversas. Então, não fale no Clubhouse o que você não falaria na rua. Falas racistas, discursos de ódio e assédios, não são permitidos na plataforma e podem acarretar em expulsões da rede social.”