Após grafite gigante ser apagado, Osgemeos prometem arte permanente em SP

Obra que enfeitava lateral de prédio no Vale do Anhangabaú foi apagada para que edifício seja demolido
Grafite "Estrangeiro", da dupla Osgemeos, não está mais no Vale do Anhangabaú, em SP (Mishmoshimoshi / Flickr Commons)
Grafite "Estrangeiro", da dupla Osgemeos, não está mais no Vale do Anhangabaú, em SP (Mishmoshimoshi / Flickr Commons)
Por Luciana CarvalhoPublicado em 15/02/2012 11:59 | Última atualização em 15/02/2012 11:59Tempo de Leitura: 3 min de leitura

São Paulo – O grafite gigante que enfeitava a lateral de um prédio no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, deu lugar a uma grande mancha cinza nesta semana. A figura, criada pelos irmãos Gustavo e Otávio Pandolfo, conhecidos como Osgemeos, em 2009, foi apagada para que o edifício seja demolido, daqui a um mês.

Em nota, a prefeitura afirmou que o desenho "Estrangeiro", feito como parte das comemorações do ano da França no Brasil, já tinha data para sumir, uma vez que, após a demolição, a área será um anexo do Theatro Municipal de São Paulo. Além disso, a Secretaria Municipal de Cultura disse que o SESC-SP cobriu a obra a pedido dos próprios artistas.

No entanto, por meio de comunicado em seu site oficial, os grafiteiros mostraram tristeza ao ver o fim do “Estrangeiro”. Eles reconheceram que sabiam que a arte seria apagada quando o prédio fosse demolido e aproveitaram o momento para dizer que estão pensando em uma nova obra, desta vez permanente, para a cidade.

Confira a seguir a íntegra das notas emitidas pela prefeitura e pelos autores do desenho.

Nota da prefeitura

“A Secretaria Municipal de Cultura informa que o graffiti da dupla Osgemeos, que estava no prédio da antiga sede do Sindicato dos Comerciários, foi apagado pelo SESC-SP a pedido dos próprios artistas. O edifício será demolido e a área integrada à Praça das Artes, futuro anexo do Theatro Municipal de São Paulo que será inaugurado neste ano.

O graffiti ficaria exposto por 30 dias, como parte das comemorações do ano da França no Brasil, em 2009. A demolição do prédio já estava prevista antes da instalação do grafite. Com a grande aceitação da obra por parte da população, a Comissão de Proteção à Paisagem Urbana (CPPU) autorizou que ela ficasse lá até que o processo de demolição do edifício tivesse início, o que deve ocorrer dentro de um mês.”

Nota d’Osgemeos

“Estamos fora do Brasil e recebemos hoje a noticia sobre a obra apagada no Vale do Anhangabaú. Essa pintura foi um projeto acordado entre o SESC/Prefeitura de São Paulo/Plasticien Volant e nós, realizado em 2009 como parte das comemorações do Ano da França no Brasil e que desde o inicio sabíamos que sua exibição seria temporária, pois o prédio seria demolido.

É realmente triste ver que o “Estrangeiro” se foi…

Mas, pelo amor que temos por São Paulo e pela arte, estamos pensando em uma nova obra permanente para a cidade. Agradecemos o carinho expressado pelas mensagens que recebemos.
-Osgemeos”