Live icon 

ELEIÇÕES 2022:  

Lula e Bolsonaro vão disputar o segundo turno Veja agora.

Após Cruzeiro e Botafogo, Vasco fecha acordo bilionário

Em Miami, o presidente do clube, Jorge Salgado, assinou o documento junto com o fundador da 777 Partners, Joshua Wander
 (Buda Mendes/Getty Images)
(Buda Mendes/Getty Images)
J
Julia StorchPublicado em 21/02/2022 às 12:53.

Após três meses de negociação, o Vasco fez um pré-acordo hoje (21) com a empresa de investimentos americana 777 Partners para a criação do Vasco SAF. Por 1,7 bilhão de reais, esta foi a maior operação envolvendo um clube brasileiro.

Na sede da empresa americana, em Miami, o presidente do clube, Jorge Salgado, assinou o documento junto com o fundador da 777 Partners, Joshua Wander. Segundo O Globo, a empresa americana terá 70% de participação na nova empresa, avaliada em 1 bilhão de reais.

Tenha acesso agora a todo material gratuito da EXAME para investimentos, educação e desenvolvimento pessoal.

Em compra avaliada em 700 milhões, a empresa irá assumir, ainda, 700 milhões de reais em dívidas do clube.

Semelhante aos negócios recentes feitos pelo Botafogo e Cruzeiro, adquirido por Ronaldo, a 777 Partners será responsável por administrar a Vasco SAF, enquanto o Vasco repassará parte dos ativos e direitos.

No caso do Cruzeiro, além de 90% do clube por 400 milhões de reais, Ronaldo será solidário da dívida de 1 bilhão de reais da S.A. A dívida do Cruzeiro foi às alturas nos últimos anos com estratégias ruins de compra e venda de jogadores e acompanhada de resultados ruins em campo.

Com a venda do Vasco, a administração será de 70% para os investidores e 30% para a associação civil sem fins lucrativos.

Porém, para efetivar o acordo, ainda falta uma diligência prévia nas contas do Vasco, ou seja, o aceite dos investidores para investigar os riscos da transação, e dois aceites, um por parte do Conselho Deliberativo e outra da Assembleia Geral de sócios. Este processo poderá levar até 90 dias.

Dentre os planos futuros, está a reforma do estádio São Januário, que continuará como propriedade da associação civil. O investimento para a reforma, avaliada em 300 milhões de reais, será feito pela SAF com provável montante adquirido através do aluguel do espaço.

Segundo o Globo Esporte, pontos ligados à identidade do clube serão mantidas. “Mesmo que o novo dono queira fazer mudanças em nomes, símbolos, cores, hinos e cidade-sede, a associação Club de Regatas Vasco da Gama (CRVG) terá poder de veto”.

Fundada em 2015, a 777 Partners possui investimentos em diferentes setores, incluindo aviação, mídia, esporte, seguros e serviços financeiros. No futebol, a empresa possui o clube italiano Genoa, e participações no Sevilla, da Espanha.