Após 20 anos, Massa volta ao Brasil para correr na Stock Car 2021

Será a primeira vez que Massa correrá uma temporada completa na principal categoria do automobilismo brasileiro

Após vinte anos, o piloto Felipe Massa confirmou seu retorno ao Brasil para vai competir na Stock Car. Em coletiva virtual na manhã desta quinta-feira (7), o vice-campeão mundial de Fórmula 1 em 2008 disse que está animado para correr ao lado do piloto paranaense Julio Campos, há dez anos na categoria.

"Excepcional voltar para casa. O Brasil é o meu país. Sempre fiz questão de levantar a bandeira. Ter o carinho do público é demais", disse o piloto, que contabiliza 16 temporadas na Fórmula 1 (269 GPs) e 11 vitórias com passagens pela Sauber, Ferrari e Williams.

Será a primeira vez que Massa correrá uma temporada completa na principal categoria do automobilismo brasileiro. "Há dois anos, fiz duas corridas na categoria. Mas eram provas promocionais. Atualmente, o carro é diferente. Sei que vou passar por uma fase de adaptação. O traçado é bem diferente das outras categorias que eu já participei. A paciência que o piloto precisa ter em um carro de turismo é completamente diferente. Não teremos treinos. Mas estou totalmente consciente", comentou Felipe Massa.

O piloto paranaense Julio Campos, que no ano passado completou a décima temporada na categoria, fará dobradinha com Massa na recém-criada equipe do Lubrax/Podium. O circuito da Stock 2021 tem início em 28 de março e prossegue até 12 de dezembro, totalizando 12 provas.

"Ao contrário do que vinha ocorrendo, teremos praticamente todos finais de semana com etapas únicas, uma corrida só. Para o público fica mais interessante e mais emocionante", adiantou Julio Campos. "Quando vem um piloto da Fórmula 1, precisamos orientá-lo para ajustar principalmente a hora de pisar no freio. Mas sei que ele vai trazer várias dicas para mim e para toda a nossa equipe também na questão da aerodinâmica, muitas ideias novas. O foco é estarmos brigando no final do ano pelo título", projetou o experiente piloto.

Massa também não vê a hora de estrear na nova categoria. "Sempre acompanhei a Stock Car. É um desafio gigante. E os pilotos adoram desafios. Não vejo a hora de dominar o carro, nesta experiência nova e ajudar a fazer essa equipe crescer", comentou Massa.

A dupla será comandada pelo também ex-piloto Rodolpho Mattheis, desde 2012 na categoria. “O Felipe Massa é um grande amigo. Tenho certeza de que faremos uma grande temporada”, comemora. E revelou o que espera da nova temporada. "A expectativa é a melhor possível. Mas sabemos que a temporada é desafiadora. O carro está mais difícil de guiar, com menos pressão aerodinâmica, desgate maior de pneus, velocidade de reta maior. Trabalho do piloto é bem maior. Precisamos estar muito atentos a questões a tudo, desde o peso até a aerodinâmica do carro. O acerto e a confiança do piloto com a equipe é vital para o sucesso da parceria", disse o chefe da nova escuderia Lubrax/Podium Stock Car.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.