Álbum de Norah Jones explora relação entre pop e desilusões

O novo álbum de Norah Jones é tido como o mais pop de sua carreira; artista nega que seu primeiro disco tenha sido ''verdadeiramente jazz''

Paris - A cantora americana Norah Jones apresenta aos fãs nesta quarta-feira seu novo álbum ''Little Broken Hearts'', um trabalho que aposta em uma nova sonoridade e não têm ''nada a ver'' com seu primeiro disco, ''Come Away With Me'', lançado há dez anos.

Segundo a artista, o principal responsável por esta mudança de estilo foi o produtor Brian Burton, mais conhecido como Danger Mouse, que já trabalhou com grupos e artistas de destaque, como Gorillaz e Gnarls Barkley.

Sarah explicou que sua boa relação com Mouse permitiu a criação de um disco mais ''pessoal'', com canções escritas a quatro mãos e inspiradas nos dois últimos anos de sua vida.

''Estou muito contente de fazer algo novo'', afirmou a cantora ao jornal francês ''Le Figaro''. ''Devido à sinceridade dos temas abordados, penso que não será nada fácil interpretar as faixas desse novo disco todas as noites durante a realização de uma turnê'', completa.

''Passei por um período difícil e quando estava escrevendo o disco não me sentia bem, o que inevitavelmente acaba sendo refletido nessas novas músicas'', acrescentou Norah. A propósito, ''Little Broken Hearts'', que evoca uma ruptura amorosa ao longo de suas 12 músicas, segue a mesma linha de seu último trabalho, intitulado ''The Fall''.

O novo álbum de Norah Jones é tido como o mais pop de sua carreira, mas a artista, contrariando a classificação da indústria musical, nega que seu primeiro disco - que alcançou mais de 22 milhões de cópias vendidas - tenha sido ''verdadeiramente jazz''.

A cantora, que reconheceu que não sabia nem o que dizer ao publico em seus primeiros shows, também conta com novo grupo neste novo trabalho, algo que, como destacou, encara como um ''novo desafio''. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.