Casual

6 filmes que retratam a luta de pessoas trans

O audiovisual não poderia deixar de retratar a luta dessa comunidade pelo direito de igualdade e respeito

Daniela Vega em "Uma Mulher Fantástica" (Netflix/Divulgação)

Daniela Vega em "Uma Mulher Fantástica" (Netflix/Divulgação)

Edicase
Edicase

Agência de notícias

Publicado em 28 de junho de 2023 às 17h20.

Última atualização em 28 de junho de 2023 às 17h31.

A luta da comunidade trans não é algo novo na sociedade, mas tem ganhado considerável destaque no universo cinematográfico, principalmente considerando os índices de violência contra essas pessoas. Segundo um levantamento do Observatório dos Direitos Humanos, em 2022 foram registradas cerca de 131 mortes de pessoas trans no Brasil, sendo que 65% dos casos foram motivados por crimes de ódio.

E não é só isso. Conforme aponta um relatório divulgado pela Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), o Brasil lidera o ranking – com 80 países –, pelo 14º ano seguido, com relação à violência contra pessoas trans. Diante disso, o audiovisual não poderia deixar de retratar a luta dessa comunidade pelo direito de igualdade e respeito, com o intuito de conscientizar a população e criar representações que promovam espaço para essas pessoas.

Confira seis filmes protagonizados por pessoas trans que mostram uma realidade que você provavelmente não conhece!

1. "Indianara" (2019)

Dirigido e roteirizado por Aude Chevalier-Beaumel e Marcelo Barbosa, a produção narra a história da ativista transexual Indianara Siqueira, uma das idealizadoras da Casa Nem, abrigo para pessoas trans em situação de vulnerabilidade.

No filme, o público assiste à trajetória da ativista para combater o preconceito, a intolerância e a polarização por meio de disputas partidárias e combate a um governo opressor, tudo isso enquanto lidera um grupo de mulheres trans que lutam pela própria sobrevivência. Além disso, também é possível acompanhar como a ativista, de origem humilde, tornou-se um dos maiores ícones da comunidade trans.

Onde assistir: Telecine, YouTube, Globoplay, Apple TV e Google Play Filmes e TV.

https://www.youtube.com/watch?v=_8wD0ph8nDI&ab_channel=FilmeLGBT

2. "Alice Júnior" (2019)

Protagonizado pela atriz Anne Celestino, o filme conta a história de Alice Júnior, uma adolescente trans comunicativa e supercarismática que passa metade de seu tempo produzindo vídeos para o YouTube. No entanto, a sua vida vira de cabeça para baixo após o seu pai (Emmanuel Rosset) ser transferido de estado para um novo trabalho.

Assim, a garota tenta se adaptar à nova rotina enquanto enfrenta preconceitos na nova escola ao se deparar com pessoas mais retrógradas do que ela estava acostumada. Em meio a isso, o único desejo da adolescente é dar o primeiro beijo; mas, antes, ela luta pelo direito de ser quem realmente é.

Onde assistir: Netflix, YouTube e Google Play Filmes e TV.

yt thumbnail

3. "Um Garoto como Jake" (2018)

Um retrato emocionante do amor entre família, o longa relata a história de Jake (Leo James Davis), um menino de 4 anos inteligente e precoce que prefere bonecas e fadas aos clássicos carrinhos e dinossauros. Os pais Alex (Claire Danes) e Greg Wheeler (Jim Parsons) lidam bem com a liberdade de escolha do filho e não interferem em decisões que alterem o seu jeito de ser.

Mas, na véspera da admissão para o jardim de infância, em Nova York, uma das educadoras percebe que o comportamento de Jake pode revelar algo mais e indica aos seus pais que considerem o termo ‘variante de gênero’. Assim, a família passa a lidar com uma nova dinâmica desafiadora e começa a se questionar sobre decisões que devem ser tomadas para que o menino cresça saudável e feliz.

Onde assistir: Prime Video e Google Play Filmes e TV.

yt thumbnail

4. "Uma Mulher Fantástica" (2017)

Representando a luta pelo reconhecimento de identidade de gênero, o longa conta a trajetória de Marina (Daniela Vega), uma garçonete transexual que passa metade de seus dias lutando para se sustentar. No entanto, o seu grande sonho é ser uma cantora de sucesso; por isso, ela também trabalha cantando à noite em clubes da cidade.

Porém, a perda inesperada do seu namorado Orlando (Francisco Reyes), que largou tudo para viver com ela, abala as suas estruturas. A cantora vê a vida mudar completamente ao ter de batalhar pela sua integridade ao ser confrontada pelas autoridades e parentes do falecido sobre a legitimidade do relacionamento dos dois.

Onde assistir: Netflix.

yt thumbnail

5. "Free CeCe" (2016)

Narrando um caso real, a trama conta um dos fatídicos episódios da vida de Chrishaun Reed “CeCe”, uma trans afro-americana que, após ser atacada fora de um bar por um homem, se defende com uma tesoura, matando o agressor. Após, ela é acusada de homicídio culposo.

No longa, o público assiste à repercussão do caso e as discussões que ele gera, visto que um interrogatório coercitivo define o destino de CeCe e a encarcera em uma prisão masculina em Minnesota. Desse modo, uma campanha internacional é criada para libertar CeCe e recebe significativo apoio da mídia e de ativistas.

Onde assistir: Prime Video.

yt thumbnail

6. "Meninos Não Choram" (1999)

Baseado em fatos reais, o filme narra a história de Brandon Teena, nascido Teena Renae Brandon, um homem trans que se muda para a cidade rural de Falls City, em Nebraska, e torna-se extremamente popular, principalmente entre as mulheres. No entanto, quando as pessoas descobrem que ele é transexual, o jovem vê a sua vida mudar completamente e passa a sofrer preconceito e violência de gênero. Brandon luta por respeito e para que a sua identidade seja reconhecida em meio a uma cidade retrógada e intolerante.

Onde assistir: Star+.

yt thumbnail
Acompanhe tudo sobre:Portal EdiCaseFilmesLGBT

Mais de Casual

Trem do Pampa: novo passeio no RS oferece paisagens deslumbrantes e degustação de vinho

Mansão à beira-mar de US$ 60 milhões quer bater recorde na Flórida

Conheça o 'cemitério da moda' na China – espaço que tem 26 milhões de toneladas de roupas

Mark Zuckerberg passa férias na Itália em megaiate de mais de 1 bilhão de reais; conheça

Mais na Exame